PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2018, 11h:55
Tamanho do texto A - A+
AGRONEGÓCIO
LEVANTAMENTO Twitter

Mato Grosso fecha ano com queda de 9% na produção de milho mas preço melhorou, avalia Imea

Por: AGRONOTÍCIAS

 

O ano termina com a produção da safra 2017/18 de milho tendo queda de 9,42% quando comparada ao recorde do ano anterior. Os motivos foram ao alto custo produtivo, atrasos no período da semeadura e cortes de chuvas em algumas regiões, constatou o IMEA -Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária. “Apesar de uma safra menor em termos de produção, o ano apresentou melhores condições de preços ao mercado do milho.

 

Com uma oferta menor tanto em Mato Grosso, quanto em outros Estados, produtores do Brasil, as cotações do cereal no mercado interno ficaram mais valorizadas. Isso, aliado ao aumento nas cotações da CME e do dólar, fez com que o preço do milho disponível em Mato Grosso apresentasse uma importante valorização durante 2018, de 21,07%, fechando o ano com uma média de R$ 20,13/saca”,  analisa o instituto.

 

Com preços mais atrativos, a produção da safra 2017/18 já atingiu 91,71% de comercialização até o mês passado. As vendas se mantiveram adiantadas em relação aos anos anteriores em boa parte do ano.

 

“No entanto, cabe salientar que nesse período o produtor do milho mato-grossense enfrentou diversas barreiras, com destaque para a greve dos caminhoneiros e tabelamento do frete rodoviário, trazendo impactos diretamente nos custos de produção e preço final do cereal no Estado”, conclui o instituto.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 170 Março de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados