PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019, 16h:22
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
AUDIÊNCIA PÚBLICA Twitter

CME participa de debate sobre o sistema de matrículas e vagas das creches de Cuiabá

Por: Redação

Reprodução

 

O Conselho Municipal de Educação de Cuiabá, representado pelo vice-presidente Dr. André Luis Augusto Martins, juntamente com a secretária executiva do CME Lucia Maria da Silva e o conselheiro e professor Geraldo Grossi Júnior, participou de audiência pública realizada na Câmara de Municipal de Cuiabá, que discutiu sobre o sistema de matrículas e vagas das creches da Capital. 

 

A pauta principal da audiência foi discutir com órgãos responsáveis e a comunidade as questões que envolvem as matrículas nas creches e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI), debatendo meios para melhorar o sistema online de matrículas.

 

A audiência foi pelo vereador Luís Claudio, que destacou que como presidente da Comissão de Educação recebeu várias demandas e reclamações de pais que não conseguiram colocar seus filhos nas creches e escolas infantis do município por intermédio da matrícula online, meio que teria favorecido os pais com mais condições de acesso à internet.

 

O vice-presidente do CME, Dr. André Luis Augusto Martins, ressaltou ser de extrema importância a participação do Conselho Municipal de Educação, pois o Conselho faz o assessoramento da Secretaria e propõe a fiscalização e a elaboração de políticas públicas. “No caso das matrículas, nós estamos para fiscalizar a transparência”, frisou André.

 

Participaram da audiência representantes da Secretaria Municipal de Educação, Conselho Municipal de Educação e Associações de Bairros, que receberam explicações  de como estão sendo cumpridos os critérios adotados no decreto publicado pela Prefeitura para seleção dos inscritos e quais providências foram adotadas para atender os que não conseguiram fazer a inscrição no prazo previsto. 

 

O chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá, Geraldo Grossi Júnior, disse em seu discurso que uma audiência pública é sempre uma oportunidade de ouvir as demandas e reclamações para aperfeiçoar o atendimento oferecido à população.

 

Já o vereador Luís Claudio afirma que saíram vários encaminhamentos da audiência pública, com destaque para constituição de uma comissão formada por vários segmentos da sociedade civil organizada e dos poderes constituídos. O objetivo é aperfeiçoar o atual sistema de matrículas, com um acompanhar mais perto das famílias e pais com dificuldades para matricular seus filhos em tempo hábil no sistema online. Também foi proposta a disponibilização de equipes de apoio nos bairros mais necessitados da capital, com a formação de equipes móveis para realizar as matrículas, caso seja preciso.

 

“Foi sem dúvida uma discussão construtiva, aonde a comunidade foi ouvida nas suas necessidades e reclamações. O que nós queremos é aperfeiçoar o atual sistema de matrículas para que não ocorram injustiças e a exclusão daquelas famílias que mais precisam de atendimento”, finalizou o parlamentar.

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 204 Novembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados