PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 09h:22
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
EMPREENDEDORISMO Twitter

Jovem vende doces para ajudar a família e sonha em cursar Direito na UFMT

Por: Amanda Divina - Especial para o Notícia Max

Reprodução

 

Uma jovem de 19 anos que mora em Cuiabá, teve a ideia de vender brigadeiros e brownies e palhas italianas no final de 2018, para poder conseguir um dinheiro extra e sair da mesada.

 

A estudante Ana Luiza Soares, que faz um cursinho preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), contou que a ideia surgiu porque não estava conseguindo encontrar emprego na Capital.

 

Ela contou que pretende cursar Direito na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e que parte do dinheiro arrecadado com a venda dos doces é para pagar seu curso.

 

“Eu comecei a vender brigadeiros para sair da mesada no final do ano passado, e também porque não arrumei um emprego. Depois minha mãe perdeu o emprego e eu continuei vendendo para ajudar a pagar o cursinho e outras coisas”, afirmou.

 

doce

 

 

Ana, que mora no bairro Shangri-lá na capital, contou que começou vendendo os doces em frente a uma escola na região, e que levava uma mesinha e uma mala com as guloseimas.

 

Apesar do sonho em cursar Direito, a jovem contou que sempre gostou de cozinhar e que é apaixonada pelo empreendedorismo. Ela disse que separa o tempo entre o curso e a preparação dos doces.

 

“Cada dia é um jeito diferente, depende muito da demanda, mas eu consigo conciliar”, frisou.

 

Para Ana, o que faz seus doces serem diferentes são os ingredientes de primeira qualidade. Os doces não levam farinha de trigo, glucose ou maisena.

 

“Não usamos essas coisas, porque o pessoal gosta de usar para dar volume e render mais. A massa fica mais leve e dá para ver a diferença”, avaliou.

 

A cuiabana também faz os doces por encomenda, e também vende através do aplicativo Ifood, e faz entregas próximas a região do bairro Shangri-lá. Os valores dos preços variam entre R$ 1 os brigadeiros e R$ 4 a palha italiana.

 

Twitter

PUBLICIDADE



Edição 187 Julho de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados