ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 15h:58
Tamanho do texto A - A+
Twitter
FOTOS CIRCULARAM NO WHATSAPP

Proprietário esclarece transporte de carne em veículo inapropriado

Por: Redação

Reprodução

 

Uma foto de um açougueiro e o que parece ser um ajudante descarregando cortes de carne  de um veículo Parati circularam ontem nos grupos de WhatsApp, em que parece ser o transporte de carne clandestina. O assunto, inclusive, foi pauta no Programa do Pop, da TV Cidade Verde.

 

O proprietário do estabelecimento, identificado apenas como Francisco, fez questão de participar do programa, e também conversou com a reportagem do Notícia Max, quando esclareceu que foi um fato isolado, e que o transporte dessa maneira aconteceu apenas devido ao caminhão frigorífico que fazia o transporte da carne estragar, e com receio de perder a mercadoria, além de estar praticamente sem produtos para ofertar aos clientes, resolver ir com seu veículo e fazer ele mesmo o transporte da carne até o estabelecimento comercial.

 

“O caminhão que entrega o gado estragou e eu estava sem carne para entregar para os clientes, então fui até o caminhão e coloquei a carne no carro”, explica Francisco, ressaltando que a carne tem nota fiscal e procedência.

 

“Fiz isso até mesmo para não prejudicar a carne, o caminhão estragou e eu peguei a carne e já levei pro açougue. Estava próximo do meu açougue, e quem quiser ver a procedência, vou estar lá para explicar. Tem nota fiscal do frigorífico, se alguém quiser, pode ir lá no açougue e mostro tudo certinho”, completou Francisco.

 

Ele disse ainda que os comentários de que isso seria um fato rotineiro são inverídicos, reafirmando que foi um fato isolado. “A carne só chega de caminhão, foi a primeira vez que isso aconteceu, se alguém disse o contrário, que prove, me chame e me mostra. Se quiserem ir no meu açougue ta lá a nota, procedência, trabalho corretamente”, finalizou.

 

Twitter



Edição 153 Outubro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.