PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 15h:24
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
SAÚDE Twitter

Secretaria de Saúde viabiliza capacitação do HCor aos hospitais de MT

Por: Redação

Nesta quarta-feira (23), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) deu início ao Projeto de Desenvolvimento Gerencial Integrado da Linha de Atenção às Urgências no Ambiente Intra-Hospitalar, desenvolvido pelo Hospital do Coração (HCor) em parceria com o Ministério da Saúde – no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). 

 

As 12 unidades hospitalares de Mato Grosso integraram a palestra de apresentação da capacitação, que ocorreu no auditório da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT). Os módulos presenciais capacitarão aproximadamente 122 profissionais e serão realizados mensalmente em Cuiabá, no decorrer dos próximos seis meses; já o acompanhamento profissional perdurará até outubro de 2020. 

 

“O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, está empenhado na capacitação profissional dos gestores que atuam em hospitais de relevância para a Saúde no Estado. A atual gestão estadual acredita em um modelo técnico e, com o amparo profissional de referências em Saúde – como é o HCor –, iremos promover mudanças positivas em Mato Grosso”, frisou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

 

De acordo com a gerente do Laboratório de Implementação do Conhecimento em Saúde do HCor, Gizelda Monteiro da Silva, a capacitação é destinada aos gestores dos hospitais que configuram o perfil de urgência e tem o objetivo de introduzir mudanças efetivas no enfrentamento dos problemas decorrentes da superlotação hospitalar. 

 

“Iremos capacitar os gestores para elaborar um plano aplicativo, de intervenção; isto é, não há uma receita pronta, cada hospital trabalhará com a própria realidade. O maior objetivo do projeto é reduzir o tempo de permanência do paciente no hospital e, com isso, melhorar a questão da superlotação dos serviços de urgência e emergência”, declarou a especialista.

 

O projeto é dividido em três importantes eixos: Gestão Hospitalar; Gestão Clínica e a Atenção às Urgências no Ambiente Intra-Hospitalar; e Rede de Atenção às Urgências no âmbito do SUS. A capacitação totaliza carga horária de 240 horas e engloba 11 oficinas – destas, seis presenciais –, atividades de campo e virtuais, sessões de educação permanente, atividades e estudos autodirigidos.

 

“Enxergamos essa capacitação como um pilar no desenvolvimento gerencial dos hospitais que atuam em Mato Grosso, até porque existem alguns problemas já identificados, que tal projeto ajudará a sanar. Também é importante destacar a participação de dois grandes hospitais de Cuiabá, que são referência em alta complexidade para o Estado”, concluiu a secretária adjunta de Gestão Hospitalar da SES-MT, Deisi Bocalon. 

 

O Projeto de Desenvolvimento Gerencial Integrado da Linha de Atenção às Urgências no Ambiente Intra-Hospitalar integra os Hospitais Regionais de Água Boa, Alta Floresta, Cáceres, Colíder, Peixoto de Azevedo, Rondonópolis, Sinop e Sorriso, os dois Hospitais e Pronto Socorros Municipais de Cuiabá, o Hospital Municipal São Benedito de Cuiabá e a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá.

 

Capacitações

 

Recentemente, a SES-MT também sediou uma reunião do projeto de Reestruturação de Hospitais Públicos (RHP) – viabilizado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) –, que visa principalmente o aperfeiçoamento dos processos internos com foco na qualidade de atendimento e segurança do paciente. O encontro reuniu representantes dos Governos Federal e Estadual, do Hospital Oswaldo Cruz e diretores de três unidades hospitalares de Mato Grosso – o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, o Hospital Metropolitano e o Hospital Santa Helena. 

 

Nos próximos meses, a equipe envolvida no projeto realizará o diagnóstico e plano de ação referente a todos os processos compreendidos pelos hospitais, de forma a contemplar os mais diversos setores hospitalares.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 179 Maio de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados