PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 08h:13
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
EFICIÊNCIA DO GASTO Twitter

Seplag cria regras para compra de computadores

Por: Assessoria

REPRODUÇÃO

COMPUTADORES

 

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) publicou nesta terça-feira (14) novas regras para compra de hardwares e suas atualizações tecnológicas. A medida visa centralizar a gestão da compra de Tecnologia da Informação, a fim de modernizar, economizar e trazer maior eficiência ao Estado.

 

Atualmente o Sistema de Aquisições Governamentais (Siag) do Governo tem mais de 100 itens especificados e ativos que deverão ser desativados. Salvo as exceções, que deverão ser devidamente justificadas, a partir de agora, o Estado passa a ter apenas três especificações para compra de computadores e uma para compra de notebooks.

 

Para se chegar às especificações foi realizado um levantamento por um Grupo Temático de Padronização de Hardware instituído pelo Conselho Superior Estadual de Tecnologia da Informação. Esse grupo é composto por coordenadores de TI de várias secretarias e padronizou três especificações de equipamentos a serem licitados: básico, padrão e avançado.

 

De acordo com o secretário Basílio Bezerra a intenção é padronizar para comprar em escala e com eficiência, otimizando os recursos existentes, atendendo às demandas internas e consequentemente economizando. “Hoje não temos uma padronização na compra de equipamentos, cada secretaria compra com uma especificação diferente, estamos padronizando para que sejam comprados somente os equipamentos que tiverem dentro dessas especificações”.

 

O secretário Adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Seplag, Anildo Cesário Correa, explica que para se chegar a essas três especificações foram realizados levantamentos em todos os órgãos e entidades do Executivo. “Fizemos um levantamento minucioso para chegar a uma especificação mínima, levando-se em consideração a necessidade de cada órgão”.

 

A Seplag também está trabalhando na criação de regras referente às especificações de requisitos de qualidade, segurança, gerenciamento de riscos e continuidade dos sistemas corporativos no os processos de aquisição, desenvolvimento, manutenção e sustentação dos sistemas. Para isso, será editado um decreto estabelecendo todas as normas e procedimentos para disciplinar as soluções corporativas de TI no âmbito do Poder Executivo Estadual.

 

“Esta é mais uma medida da Secretaria visando a eficiência da administração e consequentemente a diminuição dos gastos, contribuindo assim com o processo de equilíbrio das contas públicas em consonância com o Decreto 08/2018 que estabelece diretrizes para controle, reavaliação e contenção das despesas em toda a administração direta e indireta”, finalizou Basílio Bezerra.

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 192 Agosto de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados