PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 09h:03
Tamanho do texto A - A+
ECONOMIA
RECURSOS Twitter

Contratação de crédito imobiliário cresce 17% no Estado em 2018

Por: Redação

 

A contratação de crédito imobiliário com recursos da caderneta de poupança cresceu mais de 17% em Mato Grosso no ano de 2018. A melhora apresentada no Estado acompanha a tendência de crescimento econômico nacional.

 

Conforme o gerente de vendas Fabio Reuter, se pegar uma relação de 2017 e 2018 pode ser verificado u m acréscimo de quase 20% no volume de vendas, o que significa um bom ano no setor.

 

Um dos principais fatores que os interessados em adquirir um imóvel devem prestar atenção, é a taxa de juros, que varia de banco para banco, mas tendo a média de 8,75%. Segundo o presidente do Sindicato da Habitação de Mato Grosso, Marcos Pessoz, esse número é o menor registrado desde 2014, quando havia muita oferta na praça.

 

“Acredito que essa taxa tem condição de baixar mais ainda, porque isso é um incentivo para que as pessoas busquem adquirir seus imóveis, é um incentivo ao crescimento da construção civil, ao lançamento de novos empreendimentos, e tudo isso impulsiona uma indústria muito grande e competitiva que gera um volume de empregos muito grande”, frisou Pessoz.

 

A taxa menor fez com que o setor ganhasse fôlego, pois parcelas do financiamento estão se comparando ao valor do aluguel, e por isso a contratação de crédito ficou na casas dos 17,4%. Marcos Pessoz explica que a taxa de juros veio baixando ao longo do ano de 2018, fechou abaixo de 9%, uma das menores taxas que o mercado já ofereceu nos últimos anos, o que fez com que as pessoas fizessem uma consulta e tivessem uma perspectiva de compra.

 

“Muitas vezes esse valor do aluguel que a pessoa está pagando, torna-se muito próxima do financiamento, e vale a pena tomar essa decisão familiar de adquirir esse bem para a família”, finalizou.

 

Twitter

PUBLICIDADE



Edição 175 Abril de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados