ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h:06
Tamanho do texto A - A+
Twitter
CLIMA HORRÍVEL

4LaN cita clima horrível, revela bastidor da folga e dispara: "Time não foi homem"

Caçador da Team One diz que decisão de afastamento foi do time, desabafa após queda no CBLoL e conta que não crê line-up sem mudanças para o futuro: "A gente perdeu toda a união"

Por: E-SPORTV

Foto: Pedro Pavanato/Riot Games

4Lan

 

De campeão do CBLoL a uma queda melancólica para o Circuito Desafiante: a derrota da Team One por 3 a 2 para o Flamengo, neste domingo, foi o desfecho de uma campanha repleta de problemas por parte dos Golden Boys. Sempre sincero em suas entrevistas, o caçador Alanderson "4Lan" não escondeu o clima ruim vivido pela equipe neste primeiro split.

 

- O que deu errado é que o time não foi homem. Ninguém foi homem de achar os problemas, resolver e lavar a roupa suja. A gente achava um problema e excluía. Foi assim com o (Han) Lactea (atirador sul-coreano) e foi assim comigo. Não é assim que se resolvem as coisas - disparou, em entrevista exclusiva ao Sportv.com. 

 

Embora tenha evitado a queda direta ao Circuito Desafiante, que acabou ficando com a Pain Gaming, a Team One perdeu as duas chances que tinha de se manter na elite do League of Legends brasileiro. No sábado, perdeu para a ProGaming por 2 a 0. Neste domingo, chegou a assustar o Flamengo, buscando o 2 a 2 após novamente estar perdendo por 2 a 0, mas deixou a vaga escapar na quinta e decisiva partida.

 

A união que marcou o time que havia subido direto da segunda divisão rumo ao título do CBLoL em 2017, segundo 4Lan, acabou. Os problemas de relacionamento entre os jogadores resultaram na saída do ciberatleta da gaming house em um momento decisivo. Mesmo sem treinar com os companheiros, ele compareceu no estúdio neste domingo e atuou em quatro dos cinco jogos.

 

- A gente perdeu toda a união. Uma pessoa não se dava bem comigo e ficou um clima horrível na casa. Não precisava disso. A decisão foi me tirar da casa. Mas aí acabou que o problema não era eu, né? Mas estamos aí, vivendo e aprendendo - afirmou, em tom sarcástico.

 

- O Buzz (manager do time) me trouxe aqui, porque não seria algo legal eu não estar aqui com o time, num momento como esse. Humildemente, eu estava assistindo o primeiro jogo e falei: "Eu posso fazer mais". Aí eu entrei e acho que consegui fazer mais. Mas estou muito triste por tudo o que aconteceu - completou.

 

De acordo com o caçador, os problemas internos da Team One vêm de longa data. Após a vitória sobre a ProGaming, na última semana da primeira fase, 4Lan já havia citado o desgaste entre os jogadores. No primeiro confronto com o Flamengo, neste domingo, ele deu lugar ao reserva João Pedro "Prb".

 

- Eu não estava treinando desde a Semana 7. Eu estava na casa de uns amigos meus e recebi mensagem falando que não era pra eu ir pra GH, porque eu não seria usado, que era pra eu ir pra Brasília se quisesse. Eu fui pra lá, fiquei um tempo, e me trouxeram pra cá hoje porque não seria bom pra mim, pra minha carreira, não estar aqui - contou.

 

Sobre o futuro, 4Lan manteve o tom franco. Ele acredita que não há mais chance de a equipe se manter com a mesma line. Em relação ao elenco que ganhou o título em 2017, a principal baixa foi a do atirador Luis Felipe "Absolut", que partiu para a INTZ e deixou uma lacuna não preenchida por Lactea.

 

- Sendo bem sincero, essa line não vai jogar mais junta. Alguma coisa vai mudar. Desse jeito, não joga mais. Não faço ideia se estamos à venda ou não, se é verdade ou se não é, e não ligo pra isso. Vamos ver agora - finalizou.

 

Além do Flamengo, a outra novidade para o próximo split do CBLoL é a Ilha da Macacada. Campeã do Circuito Desafiante, a equipe fará sua estreia na principal divisão do League of Legends brasileiro.

 

 

Twitter



Edição 149 de Setembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.