PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 16h:54
Tamanho do texto A - A+
POLÍCIA
CASO DE POLÍCIA Twitter

Com dividas de R$ 11 milhões, loja de carros importados decreta falência e fecha as portas

Por: Redação

oo

 

Com uma divida de aproximadamente R$ 11 milhões, o casal Marcelo Sixto e Thays Dalavale, donos de uma revendedora de carros importados, fecharam as portas e entraram com pedido de falência. O pedido foi protocolado nesta terça-feira (27). Marcelo e Thays são acusados de golpe e segundo a defesa do casal, o caso não requer recuperação judicial.

 

“O cliente nos passou a dificuldade econômica dele, e aí nós fizemos uma análise jurídica e o caso não comportava recuperação judicial e sim pedido de falência, direto. O ativo dele não comporta o passivo, de 50% da dívida”, disse o advogado.

 

Ele explicou que a Lei de falência (Lei 11.101/05) obriga o devedor que está em uma situação financeira que não comporta recuperação judicial a pedir a autofalência. O advogado afirmou que seu cliente pretende responder a todas as ações judiciais que vierem contra ele.

 

"As pessoas falam que é golpe, mas não é golpe, ele está buscando os meios legais. Na verdade, infelizmente, é um suicídio empresarial necessário o pedido de falência. Ele vai responder todas as ações, segundo o que ele me garantiu, não vai deixar de responder nenhum tipo de ação que vier contra ele, vai responder todos os procedimentos e vai enfrentar as consequências", disse o advogado.

 

A empresa possui ações na Justiça, de clientes pedindo rescisão de contrato ou indenização por dano material, em decorrência de problemas na venda dos carros de luxo. Um boletim de ocorrências foi registrado, inclusive, denunciando os empresários por um suposto golpe de revenda de carros. O advogado disse que eles vinham sofrendo ameaças.

 

“O cliente disse que ficou inviabilizada a gestão dele na empresa, porque ele vinha recebendo várias ameaças. Então por isso até que, pela integridade física dele, ele não esteve estes últimos dias a frente da empresa”, explicou.

 

Segundo a assessoria jurídica, a loja declarou dificuldades econômicas.

 

Veja a nota:

Em relação às matérias jornalísticas que aduzem que a loja SportCars teria dado um golpe, a empresa vem a público manifestar o seguinte: 

 

1. Devido às dificuldades economias da empresa nos últimos anos, ficou inviável a manutenção e gestão da empresa; 

 

2. Assim, a legislação brasileira determina que é dever do empresário que esteja em dificuldade econômica que não comporte recuperação judicial peça sua falência;

 

3. Desta forma, atendendo os ditames legais a empresa encerrou suas atividades seguindo os trâmites legais requerendo sua autofalência em juízo. 

 

É o que tinha a informar no momento. 

 

Cuiabá - MT, 28.03.2019

 

SportCars - Assessoria Jurídica

 

 

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 197 Setembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados