PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 17h:38
Tamanho do texto A - A+
POLÍCIA
EM VÁRZEA GRANDE Twitter

Suspeito com várias passagens é preso com R$ 2,3 mil furtado de interior de veículo

Por: Redação

 

Um dos autores de um furto qualificado ocorrido em Várzea Grande foi preso, na manhã desta quarta-feira (04.12), horas depois do crime, em ação da Polícia Judiciária Civil, realizada por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

 

Com várias passagens pela polícia e monitorado por tornozeleira eletrônica, Douglas Junior Santos, 27, foi autuado em flagrante pelos crimes de associação criminosa e furto qualificado mediante concurso de pessoas e fraude.

 

As diligências iniciaram na tarde de terça-feira (03), após o furto cometido no interior de um veículo Hilux., ocasião em que vítima deixou a caminhonete no estacionamento de uma empresa na Avenida da Feb,

 

Ao retornar ao veículo, a vítima constatou que a Hilux estava com as portas destravadas e o interior do veículo todo revirado, sendo subtraído a quantia em dinheiro de R$ 6,2 mil, uma bolsa com roupas, uma impressora digital avaliada em cerca de R$ 2,6 mil e um notebook da marca Sony avaliado em torno de R$ 2,6 mil.

 

Iniciadas as diligências, os policiais da Derf-VG tiveram acesso as imagens captadas por câmeras de segurança do local, sendo possível identificar o momento em que três indivíduos se aproximam em um carro modelo Gol de cor branca.

 

Utilizando um dispositivo com controle remoto para desbloquear a trava do veículo, os suspeitos abriram a caminhonete e furtaram os objetos. Em checagem no sistema, foi verificado que o veículo utilizado no crime pertencia ao suspeito, Douglas Junior Santos, que também aparece nas imagens praticando o furto.

 

De posse das informações, os investigadores da Derf-VG lograram êxito em localizar o suspeito, que no momento da abordagem, usava a mesmas roupas mostradas no vídeo. Com ele, foi apreendido aproximadamente R$ 2,3 mil, referente a parte do valor furtado do interior da Hilux, além de três dispositivos de controle remoto (equipamento usado para bloquear sinal de trava de veículos) conhecido como “Chapolin”.

 

Diante do flagrante, o suspeito foi encaminhado para Derf-Várzea Grande e durante interrogatório, confessou a autoria do furto mediante o uso do dispositivo bloqueador de trava. O preso alegou que trabalha como motorista de aplicativo e encontra-se em liberdade condicional mediante uso de tornozeleira eletrônica, porém havia rompido o dispositivo há algum tempo.

 

Após a confecção dos autos, o autuado foi encaminhado para Cadeia Pública ficando à disposição da Justiça.

 

As investigações continuam com objetivo recuperar os produtos, identificar e prender os outros dois envolvidos no crime.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 207 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados