PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 14h:31
Tamanho do texto A - A+
POLÍTICA & PODER
BUSCA DE HOLOFOTES Twitter

Abílio afronta colegas e prejudica ainda mais a imagem da Câmara

Por: Redação

Ednilson Aguiar/O Livre

 

O vereador Abílio Júnior (PSC) na busca de holofotes, pois já declarou seu desejo de disputar a prefeitura em 2020, tem cometido seguidos excessos e feito com que a imagem da Câmara Municipal frente à sociedade fique ainda mais maculada. Suas atitudes intempestivas fizeram com que fosse denunciado na Comissão de Ética da Casa, e agora corre risco de perder o mandato. A investigação tem como base uma representação do vereador Oséas Machado contra Abílio. O documento diz que o vereador tem "praticado de forma reiterada e conscientemente atos incompatíveis como decoro parlamentar, por abuso de prerrogativas constitucionais asseguradas ao vereador".

 

Abílio não tem respeitado sequer o Parlamento municipal, onde tem frequentemente destratado os colegas parlamentares, sendo comum colocar o dedo em riste contra outros vereadores, já tendo chegado as vias de fato em pleno plenário. Fora da Casa, Abílio também tem adotado postura que vai contra o código de ética parlamentar, invadindo órgãos públicos, incluindo aí o pronto socorro municipal, e sendo acusado até mesmo de tentativa de invasão da residência do prefeito Emanuel Pinheiro.

 

Embora a Mesa Diretora esteja fazendo um trabalho de aproximação com a população, retomando a credibilidade do Legislativo municipal, os constantes ataques verbais e presenciais de Abílio tem dificultado o trabalho desenvolvido pela Presidência da Casa para fazer com que a sociedade acompanhe de perto os trabalhos parlamentares.

 

Uma das estratégias utilizadas por Abílio para tentar salvar o mandato, tem sido atacar os vereadores, principalmente aqueles que fazem parte da Comissão de Ética, fazendo acusações vazias, sem provas. 

 

Em dos episódios recentes, o vereador Adevair Cabral (PSDB) registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra o seu colega de parlamento. De acordo com o BO, Abílio estaria mostrando uma foto de Adevair “deitado em uma cama” para outros membros da Câmara Municipal, colocando Adevair em situação vexatória. Contra o vereador Renivaldo Nascimento (PSDB) foram várias discussões no parlamento, e até mesmo o presidente da Casa, Misael Galvão (sem partido), não deixou de ser alvo do polêmico vereador.

 

Na semana passada, a Comissão de Ética da Câmara de Vereadores protocolou notícia-crime  no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco para apurar um relato feito pela  servidora pública Elizabete Maria de Almeida durante oitiva decorrente do processo de cassação de Abílio. Nos bastidores, circula a informação de que a servidora teria presenciado uma suposta negociação para compra de votos de vereadores do Parlamento Municipal pela cassação de Abílio Jr quando o relatório do caso for a plenário para votação. Vale ressaltar que não foi apresentado nenhuma prova, e nos bastidores os comentários são de que seria uma estratégia de Abílio para tumultuar o processo de cassação. 

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 207 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados