ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 16h:18
Tamanho do texto A - A+
Twitter
CONDIÇÕES DIFERENCIADAS

Conselho aprova projetos que somam R$ 49 milhões pelo FCO Rural

Por: Assessoria | Sedec-MT

Divulgação

produtor rural

Mais de R$49 Milhões para investimentos a área da agricultura

A Câmara de Política Agrícola e Crédito Rural (CPACR) analisou e aprovou 17 cartas consulta de projetos que poderão obter financiamentos via linhas de crédito do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO/Rural). A soma dos investimentos totaliza R$ 49.225.027,88 milhões em investimentos e devem contribuir para o desenvolvimento socioeconômico de várias regiões de Mato Grosso e ainda gerar cerca de 59 empregos diretos e 83 indiretos.

 

A maioria dos projetos são para aquisição de equipamentos e máquinas agrícolas, insumos, sistema fotovoltaico de energia, pecuária e irrigação, este último, atividade que junto com a piscicultura são prioritárias no orçamento do FCO Rural.

 

O modelo de carta consulta, o Caderno FCO 2017 e a Instrução Normativa nº 03, publicada em 21 de março de 2017, no Diário Oficial do Estado, contém as orientações complementares às diretrizes do Conselho Deliberativo do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco), relativo à aplicação dos recursos do FCO RURAL, em Mato Grosso que podem ser acessados no portal da Sedec: http://www.sedec.mt.gov.br/-/521243-fco-rural?ciclo=cv_agricultura_empresarial

FCO Rural

 

O FCO Rural tem como público-alvo produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, cooperativas de produção e associações, que exercem atividade produtiva no setor rural e que desejam iniciar, ampliar e modernizar seus empreendimentos na Região Centro-Oeste.

 

Também oferece condições diferenciadas, tais como taxas de juros, limites financiáveis e prazos de pagamento e de carência. O produtor rural pode buscar todas as informações necessárias, para a captação do recurso, nas agências do Banco do Brasil, Sicredi e Desenvolve MT.

 

A CPACR é formada por representantes do governo estadual, entidades do segmento agropecuário e sociedade civil. A Câmara tem o objetivo de apresentar propostas de reformulação de Política Agrícola e Agrária Estadual, deliberar sobre projetos de financiamento para o desenvolvimento da agriculta em Mato Grosso e subsidiar as decisões do Conselho de Desenvolvimento Agrícola (CDA-MT), ligado à Secretaria Adjunta de Agricultura da Sedec.

 

Mudanças

 

O Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco) com o intuito de facilitar a liberação de financiamentos, definiu algumas mudanças nas regras do FCO. A partir de abril de 2017, as propostas no valor de até R$ 1 milhão passaram a ter as cartas consultas automaticamente aprovadas. A assistência máxima do Fundo para os investidores também foi ampliada, passando de R$ 300 milhões para R$ 400 milhões.

 

Twitter




COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX


© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.