PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 14h:48
Tamanho do texto A - A+
AGRONEGÓCIO
PECUÁRIA Twitter

Leilão de gado nelore movimenta R$ 500 mil em Mato Grosso

Por: Redação

 

 

Com o intuito de levar ao mercado brasileiro touros melhoradores, a Associação dos Criadores Nelore de Mato Grosso (ACNMT) promoverá na segunda-feira (25), a partir das 19h30, um leilão virtual para todo Brasil de 60 animais na faixa etária de 24 meses. A expectativa do evento é movimentar aproximadamente R$ 500 mil.

 

O presidente da Nelore, Breno Molina, explica que esta é uma oportunidade para os pecuaristas adquirirem touros com uma genética superior, já que todos eles possuem Registro Genealógico Definitivo (RGD), foram avaliados e selecionados na prova de ganho de peso a pasto (PGP) da associação deste ano e também a partir de outros critérios genéticos.

 

“Mato Grosso possui o maior rebanho bovino do país, com aproximadamente 30,3 milhões de animais, dos quais 90% da raça Nelore e ‘anelorado’. A proposta da nossa entidade é oferecer aos cerca de 100 mil pecuaristas mato-grossenses meios de modernizar e intensificar a produção, com touros jovens e com biótipo adequado principalmente à produção de carne”.

 

O conselheiro técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), José Ferreira Pankowski, pontua que além do registro definitivo (RGD), que certifica o padrão de qualidade da raça Nelore, os touros possuem avaliação genômica por meio do programa clarifide, ultrassonografia de carcaça; e a maioria ainda participa de programas de melhoramento genético.

 

 “É importante destacar que esses animais disponíveis para o leilão participaram da prova a pasto da Nelore, mas dentre o total de 100 avaliados, foram selecionados apenas aqueles classificados nas categorias elite, superiores e alguns regulares, ou seja, somente com genética realmente superior e que podem promover impacto na produção já no primeiro ano”.

 

O criador Luiz Antonio Felippe, que é ex-presidente da Nelore, explica que a introdução de touros melhoradores é a técnica mais eficiente e rápida para a modernização da criação na pecuária. Ele destaca ainda o bom desempenho desses animais no sistema de avaliação EPMURAS: estrutura corporal (E), precocidade (P), musculosidade (M), umbigo (U), características raciais (R), aprumos (A) e características sexuais (S).

 

“Há cerca de três anos adquirimos 14 animais oriundos de provas de ganho de peso e eles tiveram produção muito acima da média em fertilidade, alto desempenho e isso promoveu uma revolução na nossa propriedade, que é atualmente de gado P.O. (puro de origem) e no Pantanal”.

 

A Associação possui uma logística de entrega dos animais para todo o Brasil, com programação de frete diferenciado para o estado de Mato Grosso, isso inclui produtores com fazenda a um raio de 300 km de Cuiabá e rotas para as outras regiões. Para carga fechada, os animais poderão ser levados a uma distância de até 1.500 km da capital mato-grossense.

 

O zootecnista Leonardo Fernandes Mendonça, técnico de campo da associação Nelore, acrescenta que os animais passaram por exame andrológico, para verificar a aptidão para serem reprodutores, também estão casqueados (técnica de higienização e saúde dos casos do animal) e estão com o preparatório para o leilão completo. "O registro definitivo é um diferencial importante que oferece garantia de que não haverá mudanças que impactem, por exemplo, na reprodução desses touros".

 

 Prova de ganho de peso

Foi realizada entre junho de 2018 e março deste ano, com 140 animais, de 35 criatórios ao longo de 294 dias. “É importante frisar que esta é como uma corrida de fórmula 1, ou seja, uma competição entre os melhores animais, dos principais criatórios de Mato Grosso”, frisa Molina.

 

Entre os itens de desempenho avaliados: origem, linhagem paterna e materna, ganho de peso (média diária), circunferência escrotal e fenótipo (aparência), para buscar identificar entre os participantes os que apresentam melhor desempenho global no peso final padronizado, além de exames de ultrassonografia para medir área de olho de lombo e espessura de gordura, itens que geram mais qualidade à carne.

 

Durante nove meses de trabalho, a Nelore Mato Grosso (ACNMT) obteve um resultado importante que apontou um rendimento dos animais avaliados superior a 100% do que é obtido pelos produtores estaduais em condições semelhantes, no mesmo manejo. A média de ganho de peso deles superou 827 gramas diárias.

 

Serviço

O leilão ocorrerá na segunda-feira (25), às 19h30, horário de Mato Grosso, via Canal do Boi (https://sba1.com/leiloes/2009/Leilao-Virtual-da-4-PGP-a-Pasto-Nelore-MT-). Se o produtor tiver dúvidas ou quiser obter mais informações pode fazer contato com a Associação Nelore (ACNMT), localizada no Parque de Exposições Jonas Pinheiro, na capital: (65) 3624-0182/3322-0712/ neloremt@terra.com.br

Twitter

PUBLICIDADE



Edição 207 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados