PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h:05
Tamanho do texto A - A+
BRASIL
PRORROGAÇÃO Twitter

Erro em notas fez MEC prorrogar inscrições do Sisu; entenda o problema

Por: TERRA NOTÍCIAS

 

Cerca de 6 mil alunos tiveram as notas revistas pelo Inep, órgão do MEC responsável pelo Enem, após detecção de um erro no processamento da correção da avaliação. A revisão foi feita após ampla mobilização dos estudantes, que procuraram as redes sociais desde a noite da sexta-feira passada para reclamar da situação. O problema levou o ministério a prorrogar as inscrições do Sisu.

 

Quantas notas erradas foram detectadas pelo MEC?

 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), disse nesta segunda-feira, 20, ter achado erros nas notas de 5.974 candidatos. Segundo o órgão, foram revisados os resultados de todos os 3,9 milhões de participantes. Os novos resultados já estão disponíveis para consulta na página do candidato - em alguns casos, a diferença entre a nota anterior e a revisada superou 400 pontos (em uma escala de zero a mil).

 

Quantas reclamações foram recebidas?

 

O e-mail oferecido pelo Inep para que os participantes relatassem problemas recebeu 172 mil mensagens. O número é bem maior do que o de inconsistências encontradas, mas o Inep garante que o problema foi restrito aos 5.974 casos.

 

O que causou o problema nas notas do Enem?

 

O problema ocorreu na gráfica responsável pela impressão das provas. O erro foi na associação entre a cor do caderno de questões do estudante ao gabarito correspondente. Com isso, estudantes que fizeram a prova amarela, por exemplo, tiveram as respostas corrigidas com base no gabarito da prova azul. Um processo administrativo será aberto contra a gráfica Valid, que imprimiu as provas em 2019.

 

Ainda é possível registrar reclamação em relação às notas do Enem?

 

O canal aberto para reclamações sobre esse erro tinha prazo para ser encerrado às 10h desta segunda, 20. Para dúvidas, o Inep pode ser contatado no 0800 616161.

 

O erro foi concentrado em algum local do País?

 

Segundo o governo federal, 95% das 6 mil provas com problemas na correção estavam em quatro cidades, três de Minas Gerais (Viçosa, Ituiutaba e Iturama) e uma da Bahia (Alagoinhas). A maioria dos erros ocorreu no segundo dia de provas, quando os candidatos resolveram as questões de Matemática e Ciências da Natureza.

 

Qual o efeito do problema sobre o prazo de inscrição do Sisu?

 

O episódio fez com que a data-limite de inscrições no Sisu fosse prorrogada em dois dias. Pelo cronograma inicial, a inscrição poderia ser feita até quinta-feira. Agora, será possível se inscrever até domingo. Com a nota do Enem, o candidato disputa vagas em universidades públicas.

 

O prazo pode sofrer novas alterações?

 

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), enviou ofício ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, solicitando que a abertura do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) seja suspensa até que as falhas na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 estejam solucionadas. O pedido foi feito na noite desta segunda-feira, 20.

 

Fique por dentro das principais notícias de Educação

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 214 Fevereiro de 2020

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados