PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 17h:33
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
CONHEÇA ALGUNS DELES Twitter

Fique atento a cinco golpes na venda de carros e não caia em ciladas

Por: Redação

REPRODUÇÃO

CARRO

 

Na hora de comprar um veículo, o comprador está sempre atrás das melhores oportunidades e muitas vezes não acaba percebendo que algumas vantagens podem ser, na verdade, golpes na venda de carros.

 

Quando se adquire um carro é preciso prestar atenção em diversos detalhes e principalmente na história que o comprador está contando para não ter prejuízo e ser enganado. Conheça algumas das estratégias mais usadas pelos bandidos.

 

1. Solicitar um sinal

Esse golpe é bastante usado com o argumento de que existe outro interessado no carro e que para que ele possa segurar será preciso dar um sinal.

 

O golpista pede que seja depositado um dinheiro, muitas vezes até mesmo antes do carro ser visto. 

 

Esse depósito costuma ser feito em nome de terceiros, portanto, nunca faça depósitos antecipados sem que você tenha acesso ao veículo e certeza que ele está regular.

 

2. Golpes na venda de carros com conhecidos facilitadores 

São feitos anúncios do veículo, mas quando o interessado entra em contato, o golpista diz que ele já foi vendido e tem conhecidos que podem conseguir na montadora ou em concessionárias o carro mais barato.

 

Para que possa ter o carro, a pessoa terá que fazer um depósito, mais uma vez em conta de terceiros. Depois do pagamento feito, o bandido some e não se tem mais contato.

 

3. Consórcio contemplado

Essa modalidade está entre os golpes na venda de carros que fraudam documentos. São feitos anúncios ou contatos pessoais ofertando carta de crédito de consórcio que teriam sido contemplados e que o dono não tem interesse em adquirir o carro.

 

São ofertadas condições bastante interessantes e apresentados documentos falsos para forjar a contemplação. 

 

Para que possa ficar com o consórcio, a pessoa deve pagar uma taxa de transferência de titularidade para ter tudo em seu nome. Porém, se trata de um golpe e o dinheiro fica perdido.

 

4. Carro não pago

Os golpistas compram veículos financiados em nome de laranjas e anunciam a venda por um valor abaixo do mercado.

 

Como o veículo está financiado, os golpistas dizem que ajudarão na transferência do nome, mas que como a documentação está regular não terá nenhum problema.

 

A questão é que o financiamento nunca será pago e quem estiver circulando com o carro corre um grande risco de que ele seja aprendido. 

 

Uma forma de verificar se não existe grandes problemas com o carro é consultar no Detran ou fazer a cotação de um seguro auto, pois as seguradoras fazem algumas checagens que podem indicar a fraude. 

 

5. Carro de locadora

Vender veículos que não pertencem aos fraudadores é um ato comum e uma forma de conseguir um carro é alugando um.

 

Eles vão até uma locadora de veículos e alugam um carro com documentos falsos. Depois, com a ajuda de um profissional criam documentos falsos para que eles pareçam reais e anunciam a venda do veículo.

 

O interessado checa as informações e parece que está tudo certo, mas não é bem isso que acontece. Nesses casos é importante buscar o histórico e, se já tiver sido de uma locadora, entrar em contato para saber se o veículo realmente foi vendido.

 

É preciso ter muita atenção com os golpes na venda de carros, pois cada vez mais os bandidos usam a criatividade e criam artimanhas para enganar os compradores. 

 

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 207 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados