PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sábado, 16 de Novembro de 2019, 10h:35
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
DOUTORES DO RISO E DOADORES DA ALEGRIA Twitter

Voluntários que visitarão hospitais de Cuiabá recebem capacitação

Por: Redação

Jana Pessôa/ Setasc-MT

 

A rede de voluntários de Doutores do Riso e Doadores da Alegria, projeto da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) que visa levar alegria aos pacientes que enfrentam algum tratamento ou procedimento médico nos hospitais de Cuiabá, participaram de uma capacitação para entender o funcionamento de um ambiente hospitalar. O curso foi realizado entre os dias 11 e 14 de novembro e reuniu 80 interessados. O projeto, a princípio, será realizado nos hospitais Estadual Santa Casa e Júlio Muller, em Cuiabá, mas a intenção é que seja ampliado para outras unidades do Estado. 

 

"A iniciativa pode contribuir para o desenvolvimento dos pacientes durante os tratamentos. Já está cientificamente comprovado que este trabalho de palhaços em hospitais traz benefícios aos pacientes”, explicou o responsável pelo projeto, André D´Lucca. “A primeira-dama me convidou para fazer o trabalho junto a secretária Rosamaria Carvalho, na Setasc.  A intenção é ajudar as pessoas a voltarem a sonhar. Eu já tinha esse projeto para palhaços em hospitais e hoje estou concluindo junto ao governo de Estado”, declarou.

 

O casal Carlos Frederico Alves de Souza e Danila de Souza já são voluntários em ações sociais parecidas há alguns anos. Em busca do aprimoramento, participaram do curso. “Nós já mensuramos dentro dos hospitais que visitamos como é o dia dessas pessoas quando os palhaços realizam as visitas. Percebemos que, com a presença deles, as reações aos remédios tinham mais efeitos. Então buscamos fazer esse curso para aprimorarmos o nosso conhecimento e levar a alegria para todos”, comentou Danilla.

 

Durante os quatros dias os voluntários que passaram pelo curso receberam orientações e dicas sobre atuações no formato de palhaços, além de aprenderem com profissionais da área de saúde cuidados sobre a abordagem nos hospitais e esclarecem dúvidas.

 

A capacitação contou com profissionais experientes que levaram informação pertinente a area médica. A enfermeira Poliana Anelize Weisheimer, que participou da capacitação, levou para os alunos conhecimentos e orientações sobre os cuidados durante as visitas hospitalares. “A intenção foi trazer informações sobre a higienização das mãos, dos objetos que podem levar para o hospital, tipo de material aconselhado, como higienizar depois. Além de aconselhar a não entregar os objetos como brinquedos para as crianças, para evitar contaminação”, explicou.

 

Outra profissional que fez parte do curso foi a fisioterapeuta, Francielle Fialkoski Molina, que atua na área há nove anos. “Enquanto fisioterapeuta vejo que o curso busca a preparação dos voluntários com intuito de levar esperança e resgatar a autoestima das pessoas que estão hospitalizadas e transformar vidas”, disse. Participaram também da ação o médico nuclear William Guarnieri, que é professor e atua no Hospital Julio Muller, e a professora da UFMT e farmaceutica, Ziliani da Silva Buss.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 207 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados