PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 16h:00
Tamanho do texto A - A+
ESPORTE
BRASIL EM TÓQUIO Twitter

China lidera quadro de medalhas que soma os Campeonatos Mundiais de 2019; Brasil é 17º

Por: Globo esporte

REPRODUÇÃO

BRASIL EM TOQUIO

 

O ano de 2019, claro, não tem a Olimpíada no calendário. Mas, dá para fazer uma estimativa de como seria o quadro de medalhas de uma edição dos Jogos nesta temporada: somar as medalhas de todos os Campeonatos Mundiais das mais variadas modalidades. E, neste hipotético quadro, a China lidera a classificação desse ano, na frente dos Estados Unidos. O Brasil, com dez em medalhas em Campeonatos Mundiais, seria 17º.

 

Já foram realizados Mundiais de mais de trinta modalidades, como por exemplo natação, remo, canoagem e judô. E muitos ainda estão no calendário: só no próximos quarenta dias são 14 Campeonatos Mundiais. Ou seja, esse quadro vai mudar muito até dezembro, quando teremos um retrato fiel da temporada olímpica.

 

Importante lembrar que as medalhas válidas para esse quadro são as ganhas em provas olímpicas no Campeonato Mundial. Por exemplo, no Mundial de esportes aquáticos, Nicholas Santos, Etiene Medeiros, João Gomes, Felipe Lima e Ana Marcela foram ao pódio, mas não em provas que estão no programa olímpico. O mesmo vale para Pepê Gonçalves da canoagem slalom, da dupla brasileira no remo e três das cinco medalhas do taekwondo.

 

Já foram realizados Mundiais de mais de trinta modalidades, como por exemplo natação, remo, canoagem e judô. E muitos ainda estão no calendário: só no próximos quarenta dias são 14 Campeonatos Mundiais. Ou seja, esse quadro vai mudar muito até dezembro, quando teremos um retrato fiel da temporada olímpica.

 

Importante lembrar que as medalhas válidas para esse quadro são as ganhas em provas olímpicas no Campeonato Mundial. Por exemplo, no Mundial de esportes aquáticos, Nicholas Santos, Etiene Medeiros, João Gomes, Felipe Lima e Ana Marcela foram ao pódio, mas não em provas que estão no programa olímpico. O mesmo vale para Pepê Gonçalves da canoagem slalom, da dupla brasileira no remo e três das cinco medalhas do taekwondo.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 195 Agosto de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados