ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 13 de Agosto de 2018, 15h:18
Tamanho do texto A - A+
Twitter
ATENÇÃO REDOBRADA

Fagner lamenta, mas vê derrota dos reservas como “alerta” para quarta

Por: Gazeta Esportiva

(Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

 

 

O lateral direito Fagner comentou na manhã desta segunda-feira o balanço realizado pelo elenco do Corinthians após a virada sofrida diante da Chapecoense, no último domingo, na Arena Condá, mesmo local e rival desta quarta, às 21h45 (de Brasília), só que pela Copa do Brasil. Triste pelo resultado, mas elogioso ao desempenho do time quase reserva, ele disse que o 2 a 1 serve como alerta para o elenco.

 

“Principalmente por ter feito um primeiro tempo tão bom, e no segundo a gente não conseguiu jogar. Isso nos deixa chateado. O primeiro tempo podia ter virado dois ou três (a zero), pelo controle de jogo, não só em situações de jogo, mas com a bola no pé. Nos deixou frustrados pelo primeiro tempo tão bom. Temos que buscar o equilíbrio nos 90 minutos”, avaliou o defensor, substituído por Mantuan no embate.

 

Para ele, é possível que o Timão encontre um cenário parecido no meio da semana, conseguindo um bom futebol no trabalho da bola e dominar o rival. Nessa hora, no entanto, o Timão precisará mostrar uma precisão maior do que a demonstrada no domingo.

 

“Futebol tudo é possível, vamos trabalhar para minimizar os erros e sair daqui classificados. Já temos o alerta, sabemos o que pode acontecer. Vamos trabalhar bem para não sermos surpreendidos”, afirmou Fagner, que viu, de fora, a equipe perder chances claras com Roger, duas vezes, Mateus Vital e Clayson.

 

Por ter vencido a primeira partida, na Arena Corinthians, o Timão precisa apenas de um empate na Arena Condá para assegurar vaga na semifinal. Qualquer vitória por um gol do adversário leva a decisão para os pênaltis, independentemente do número de gols marcados fora de casa.

 

“Primeiro acho que a força deles em casa, a gente sabe que é difícil jogar aqui. Segundo, temos que ter a tranquilidade de saber levar o jogo. Temos uma vantagem mínima, mas temos. Talvez no começo do jogo eles vão tentar nos pressionar. Importante ter a cabeça no lugar para ter o controle do jogo”, concluiu o lateral.

Twitter


Veja mais sobre este assunto:


Edição 157 Novembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.