PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 24 de Dezembro de 2019, 08h:25
Tamanho do texto A - A+
ESPORTE
PALMEIRAS Twitter

Saídas de zagueiros podem abrir espaço para Pedrão no Palmeiras: "Expectativa muito boa"

Por: Globo esporte

CESAR GRECO

PEDRAO

 

O zagueiro Pedrão retorna ao Palmeiras com grandes expectativas para a próxima temporada. E isso se deve não apenas por ter feito bons jogos pelo América-MG mas, também, pelo Alviverde estar com número reduzido de jogadores da mesma posição, o que deixa o jogador na esperança de ser aproveitado por Vanderlei Luxemburgo.

 

Atualmente, o Palmeiras conta com apenas três zagueiros: Gustavo Gómez, Luan e Vitor Hugo – este lesionado. Edu Dracena se aposentou recentemente, enquanto Antônio Carlos foi emprestado ao Orlando City, dos Estados Unidos.

 

– Minha expectativa está muito boa, até pelo Palmeiras, agora, estar com menos zagueiros. No América-MG, apesar dos poucos jogos que fiz, pude mostrar algo ao Palmeiras. Eu vou dar o meu melhor – disse o jogador, ao GloboEsporte.com.

 

Pedrão, de 22 anos, foi contratado em 2017 para reforçar o elenco sub-20 do Verdão. Após estourar a idade da base, foi integrado ao elenco profissional, mas não chegou a entrar em campo. Neste ano, acabou emprestado ao time mineiro.

 

O jogador retornou ao clube paulista no início de dezembro, onde se recuperou de um estiramento muscular na coxa direita. Agora, mais confiante e 100% pronto, ele aguarda por oportunidades para mostrar seu trabalho.

 

– Minhas características são a força, a bola aérea e tenho uma boa saída de bola. O Palmeiras não gosta de zagueiro que dá chutão, prefere os mais técnicos, e acho que estou no mesmo nível dos outros zagueiros em relação a isso – afirmou Pedrão.

 

O maior desejo de Pedrão é fazer história com a camisa alviverde. Para isso, o jogador nem se empolgou com propostas de empréstimo de clubes brasileiros e do exterior.

 

– Tive, sim, algumas propostas mas, desde o começo, o Palmeiras disse que não iria me liberar, que a vontade era que eu ficasse no elenco. E essa também é uma vontade minha, meu sonho é jogar no Palmeiras, fazer história no clube – disse.

 

No ano em que Pedrão nasceu, em 1997, o atual técnico palmeirense, Luxemburgo, já era um treinador consagrado e com títulos importantes à frente do Palmeiras. O beque, no entanto, ainda não teve contato com o comandante.

 

– Eu já escutei coisas sobre ele, de jogadores que já trabalharam com ele. Todos com me falaram muito bem, que é uma ótima pessoa e também muito bom para trabalhar, mas ainda não tivemos contato – completou Pedrão.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 216 Fevereiro de 2020

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados