Cuiabá, 17 de Junho de 2024
Notícia Max
17 de Junho de 2024

AGRONEGÓCIO Terça-feira, 29 de Junho de 2021, 08:33 - A | A

Terça-feira, 29 de Junho de 2021, 08h:33 - A | A

FUNCAFÉ

Agentes receberam R$ 812 milhões para compra de café

Financiamento para Aquisição de Café é a principal linha para setor exportador

Agrolink

Segundo apuração do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), as liberações de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) aos agentes financeiros, na safra 2020/21, chegaram R$ 4,374 bilhões até hoje, 28 de junho, montante que equivale a 79,7% dos R$ 5,491 bilhões contratados.

A linha de Financiamento para Aquisição de Café (FAC), principal voltada aos exportadores, teve a liberação de R$ 812,1 milhões às instituições financeiras, o que corresponde a 73,1% do total autorizado na safra 2020/21.

Do valor repassado às demais linhas do Funcafé, R$ 1,780 bilhão foram para Comercialização (80,6%); R$ 1,242 bilhão para Custeio (77,6%); R$ 518,6 milhões para Capital de Giro (82,2%); e R$ 21,8 milhões para Recuperação de Cafezais Danificados (13,6%).

NOVA TAXA DE JUROS

Na quarta-feira passada, 23 de junho, o Diário Oficial da União (DOU) trouxe a publicação das Resoluções CMN nº 4.912 e nº 4.913, datadas do dia anterior, que estipularam em até 7% os juros para as operações do Funcafé na safra 2021/22, conforme determinação do Conselho Monetário Nacional. Dessa taxa, 4% são para realimentação do Fundo e de 0% a 3% para spread bancário.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários