Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Notícia Max
25 de Junho de 2024

AGRONEGÓCIO Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 15:02 - A | A

Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 15h:02 - A | A

NO FINAL DE SEMANA

Incêndio atinge armazém da Caramuru Alimentos em Sorriso

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o armazém continha cerca de quatro mil toneladas de soja

CANAL RURAL

Um incêndio em um armazém da Caramuru Alimentos, em Sorriso, região médio-norte de Mato Grosso, foi registrado madrugada de sábado (25) para domingo (26). Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a estrutura continha aproximadamente quatro mil toneladas de soja.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso (CBMMT), através da 10ª CIBM, foi acionado por volta das 23h20 para atender o incidente nas instalações da empresa, localizada no Distrito Industrial do município.

Foram enviadas ao local quatro guarnições do Corpo de Bombeiros Militar que utilizaram o sistema de hidrantes do complexo industrial para debelar o incêndio, com o apoio da brigada de incêndio da empresa.

O combate das chamas durou menos de uma hora, conforme informações da corporação. Para a ação foi adotada a estratégia de utilização das esteiras/elevadores transportadores de grãos (redler) para terminar de completar o armazém por cima, que estava com a sua capacidade quase máxima, com soja extremamente úmida e, assim, abafar o incêndio pela retirada de oxigênio e acumulo de vapor de água.

 

Não houve feridos na Operação e as causas do incêndio serão verificadas pela perícia.

Confira nota da Caramuru Alimentos:

“A Caramuru Alimentos informa que, na madrugada do dia 25/05, detectou um foco de incêndio na parte superior de um dos seus silos. Imediatamente, a brigada de incêndio da unidade foi acionada e o Corpo de Bombeiros foi chamado para controle da situação.

As medidas necessárias foram tomadas prontamente, incluindo o resfriamento da parte superior do silo e a transferência de soja molhada para abafar o fogo. Não houve danos a pessoas ou à estrutura do silo e não foi identificada uma quantidade significativa de soja queimada, a queima se restringiu ao funil do silo, o que será confirmado após o seu esvaziamento total.

 

O silo atualmente contém aproximadamente 3.800 toneladas de soja e continua sendo monitorado para garantir a segurança das operações”.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários