Cuiabá, 28 de Maio de 2024
Notícia Max
28 de Maio de 2024

CIDADES Terça-feira, 26 de Julho de 2016, 08:19 - A | A

Terça-feira, 26 de Julho de 2016, 08h:19 - A | A

CIDADANIA

“Ações Integradas” garantiu 14 mil atendimentos em Cuiabá e VG

Da Redação/Setas-MT

REPRODUÇÃO

 

 

O “Ações Integradas de Cidadania” realizou 14 mil atendimentos em Cuiabá e Várzea Grande somente no primeiro semestre deste ano. O programa, realizado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), garante cidadania à população por meio de serviços básicos, como emissão de documentos.

 

Até o momento, Cuiabá recebeu 11.264 atendimentos, enquanto Várzea Grande somou 3.057. Entre os serviços mais prestados estão plastificação de documentos, fotos 3x4, xerox e serviços de embelezamento como cortes de cabelo, depilação e sobrancelha.

 

A secretária adjunta de Cidadania da Setas, Alda Attílio, ressalta a importância das “Ações Integradas de Cidadania” para a população mato-grossense. “São serviços essenciais que garantem acesso à cidadania para a população vulnerável e que são ofertados gratuitamente. É gratificante poder realizar esse trabalho”, ponderou.

 

Além dos serviços básicos prestados pela Setas, são realizados atendimentos em parceria com órgãos, empresas e demais secretarias, como por exemplo, atendimento jurídico ofertado pela Defensoria Pública de Mato Grosso, emissão do CPF, garantido pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

 

“Já percorremos muitos municípios desde que o Ações Integradas começou a ser executado pelo Governo do Estado. Neste segundo semestre, continuaremos trabalhando para que toda a população possa ser auxiliada e receba seus direitos”, destacou o superintendente de Cidadania, Juliano Rabelo.

 

Ações Integradas

 

No primeiro ano da ação, mais de 30 mil pessoas, em 86 municípios, foram atendidas e conseguiram ter acesso pela primeira vez, por exemplo, à documentação básica, como o registro de nascimento.

 

Entre os serviços disponibilizados ainda estão a emissão de hipossuficiência, carteira de pescador (emitido em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente), segundas vias da certidão de nascimento, casamento e óbito, além de palestras.

 

O público-alvo do programa são os mato-grossenses de todas as faixas etárias que vivem em situação de vulnerabilidade e em locais onde se verifica incidência de analfabetismo, desconhecimento da garantia dos direitos e deveres do cidadão.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários