Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Notícia Max
25 de Junho de 2024

CIDADES Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 17:32 - A | A

Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 17h:32 - A | A

em Cuiabá

Campanha de vacinação contra poliomielite começa 1 nesta terça-feira

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, é uma doença infectocontagiosa aguda causada pelo poliovírus

Da Redação

Nesta terça-feira, (28) começa em Cuiabá a campanha de vacinação contra a poliomielite. A ação, que se estenderá até o dia 14 de junho, tem como objetivo imunizar 95% das crianças com idades entre 1 e menores de 5 anos. Para garantir a vacinação, os pais devem levar as crianças a uma unidade básica de saúde (UBS) com a caderneta de vacinação.

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, é uma doença infectocontagiosa aguda causada pelo poliovírus. Esta doença pode provocar paralisia muscular, principalmente dos membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível. Em casos graves, a poliomielite pode levar ao óbito. A vacinação é a principal forma de prevenção contra a poliomielite, sendo essencial para a proteção das crianças e para a erradicação da doença.

Para a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Valéria de Oliveira, a vacinação contra a poliomielite é um esforço conjunto entre as autoridades de saúde e a população para manter o controle e a prevenção desta doença. “A adesão dos pais e responsáveis é essencial para o sucesso da campanha e para a proteção de todas as crianças da cidade. As unidades básicas de saúde estão preparadas para receber as crianças e realizar a imunização com segurança e eficiência. Não deixe de levar seu filho para vacinar”, ressaltou.

O secretário municipal de saúde, Deiver Teixeira, reforçou a importância da vacinação. "A vacinação é a maneira mais eficaz de proteger nossas crianças contra a poliomielite, uma doença que pode ter consequências devastadoras. É fundamental que os pais e responsáveis levem seus filhos para se vacinarem, para tentarmos alcançar a meta de imunizar 95% das crianças no público-alvo. Cada dose aplicada é um passo a mais na proteção das futuras gerações”, comentou.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários