Cuiabá, 14 de Junho de 2024
Notícia Max
14 de Junho de 2024

CIDADES Quinta-feira, 01 de Julho de 2021, 17:14 - A | A

Quinta-feira, 01 de Julho de 2021, 17h:14 - A | A

COVID-19

MT registra 29 mortes em 24h; taxa de ocupação de UTI está em 73%

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 426 internações em UTIs públicas e 285 em enfermarias públicas

Redação

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (01.07), 453.769 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.050 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Nas últimas 24 horas foram verificadas mais 29 mortes, além de 1.386 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 453.769 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 9.606 estão em isolamento domiciliar e 430.601 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 426 internações em UTIs públicas e 285 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 73,07% para UTIs adulto e em 32% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (93.427), Rondonópolis (32.634), Várzea Grande (30.369), Sinop (21.857), Sorriso (15.879), Tangará da Serra (15.542), Lucas do Rio Verde (13.863), Primavera do Leste (11.549), Cáceres (9.847) e Alta Floresta (8.731).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 360.275 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 334 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quarta-feira (30.06), o Governo Federal confirmou o total de 18.557.141 casos da Covid-19 no Brasil e 518.066 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 18.513.305 casos da Covid-19 no Brasil e 515.985 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quinta-feira (01.07).

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários