Cuiabá, 13 de Junho de 2024
Notícia Max
13 de Junho de 2024

CIDADES Terça-feira, 11 de Maio de 2021, 08:58 - A | A

Terça-feira, 11 de Maio de 2021, 08h:58 - A | A

OPERAÇÃO AUTOFAGIA

Secretaria denunciou suposto esquema na saúde bucal ao MP e TCE

Os alvos da operação são acusados de transferir colegas e depois, sob ameaça e pressão, receber parte de seus salários, em um esquema semelhante a 'rachadinha'

Redação

A Secretaria de Saúde de Cuiabá emitiu nota, nesta terça-feira (11), informando que a secretária Ozenira Félix já havia instaurado procedimento para investigar um suposto esquema envolvendo profissionais da área de odontologia.

Os alvos da operação são acusados de transferir colegas e depois, sob ameaça e pressão, receber parte de seus salários, em um esquema semelhante a 'rachadinha'.

Segundo a nota, foi formada uma comissão técnica para produzir relatório, cujas informações levantadas foram todas encaminhadas ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado em fevereiro deste ano, conforme publicado na própria página da Prefeitura de Cuiabá na internet.

Levantamento inicial da Pasta aponta que servidores pediam remoção do local onde estavam lotados e eram transferidos, até para unidades que ainda não foram entregues à população ou que, sequer mantinham cadeiras para atendimento odontológico.

Os servidores envolvidos foram exonerados e uma portaria foi instaurada, determinando que todos os profissionais de odontologia retornassem para seus postos de trabalho de origem.

“A SMS afirma que sempre esteve e segue a inteira disposição dos órgãos competentes para elucidar o caso”, cita a nota

Nota Oficial

Em relação à operação deflagrada nesta terça-feira (11) pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que, ao tomar conhecimento do suposto esquema na saúde bucal, a secretária Ozenira Félix abriu sindicância para apurar o caso e levantou informações que foram todas encaminhadas ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado, em fevereiro deste ano, conforme publicado na própria página da Prefeitura de Cuiabá na internet. O relatório dessa comissão interna está em fase final e será apresentado à titular da pasta e demais autoridades competentes. Além disso, os servidores envolvidos foram exonerados e uma portaria foi instaurada, determinando que todos os profissionais de odontologia retornassem para seus postos de trabalho de origem. A SMS afirma que sempre esteve e segue a inteira disposição dos órgãos competentes para elucidar o caso.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários