Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Notícia Max
25 de Junho de 2024

CULTURA Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 15:38 - A | A

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 15h:38 - A | A

assembleia legislativa

Exposição É Bem Mato Grosso reúne obras em aquarela retratando as belezas naturais

A coletânea fica aberta para visitação até a próxima sexta-feira, no saguão principal da Assembleia Legislativa

Da Redação

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) recebe, nesta semana, a exposição É Bem Mato Grosso, que reúne 18 pinturas em Aquarelas feitas por artistas plásticas do Ateliê Adriana Soares. As obras retratam a fauna e flora presentes no estado como forma de representar as belezas mato-grossenses. A exposição é coordenada pelo Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL) e fica aberta ao público até a próxima sexta-feira (24).

A curadora da exposição É Bem Mato Grosso, Adriana Soares, conta que a coletânea foi realizada pela primeira vez no ano passado, quando reuniu 80 obras dos alunos de seu ateliê. Para essa exposição na ALMT, foi feita uma seleção de 18 pinturas. “Foi um trabalho muito difícil, pois as obras estão muito bonitas. Todas mereciam ser exportas”.

Mara Visnadi, superintendente do IMPL, explica que entre as atribuições do Instituto está o fomento à cultura. “Abrir as portas do Parlamento para receber esses artistas é uma forma de valorizar a arte mato-grossense e fazer com que a população tenha acesso ao conteúdo cultural produzido em nosso estado”. A seleção para as exposições é feita conforme as demandas são encaminhadas ao Instituto Memória.

Adriana Soares explica a importância de ter abertura dos espaços públicos para que os artistas se apresentem, para que possam comercializar suas obras e ter seus trabalhos valorizados. “Para meus alunos será uma experiência que irão levar para o resto da vida. Estou muito feliz e grata pela oportunidade e por ter sido tão bem recebida na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso”.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários