Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

ENTRETENIMENTO Quinta-feira, 30 de Junho de 2016, 16:50 - A | A

Quinta-feira, 30 de Junho de 2016, 16h:50 - A | A

ESTRELA DO CINEMA

Olivia de Havilland, atriz de ‘E o vento levou’, completa 100 anos

EGO

 

Olivia de Havilland irá completar nesta sexta-feira, 1º, 100 anos. A atriz até hoje é lembrada por sua atuação no filme “E o vento levou”, em que estrelou ao lado de Vivien Leigh e Clark Gable. No longa, ela interpretou Melanie Hamilton, a meiga prima de Scarlett O’Hara.

Na época, ela foi indicada ao Oscar na categoria de melhor atriz coadjuvante. Em sua carreira, que já dura 80 anos, Olivia venceu a premiação de melhor atriz por “Só resta uma lágrima”, de 1946, e “Tarde demais”, de 1949.

 

Confira algumas curiosidade do filme “E o vento levou”, que alçou a atriz ao sucesso:

 

– Hattie McDaniel, que viveu a Mammy, ama de Scarlett O’Hara, foi a primeira negra americana a ganhar um Oscar, na categoria de melhor atriz coadjuvante. Ela não foi

– Ele foi a primeira produção colorida a ganhar um Oscar de melhor filme.

– Vivien Leigh, a Scarlett O’Hara, trabalhou 125 dias e recebeu US$ 25 mil. Já Clark Gable trabalhou 71 dias e ganhou mais de US$ 120 mil.

– Vivien disse que não gostava de beijar Clark Gable porque ele tinha mau hálito, provavelmente por causa de seus dentes falsos, resultados de vício em cigarro.

– Em 2007, o American Film Institute colocou o longa na 6º posição, na lista dos melhores filmes de todos os tempos.

– Quando o filme estreou em Atlanta, em 1939, o governador decretou feriado.

– O filme tem frases que até hoje os fãs lembram, como “Amanhã é um outro dia…” ou “Francamente, querida, eu não dou a mínima”, “Eu nunca mais passarei fome”.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários