Cuiabá, 16 de Julho de 2024
Notícia Max
16 de Julho de 2024

ESPORTE Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 09:25 - A | A

Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 09h:25 - A | A

FLAMENGO

Gerson se torna símbolo de resiliência no Flamengo

Após cirurgia delicada no rim, meio-campista rubro-negro chama responsabilidade na Data-Fifa e reconquista protagonismo no clube

JOGADA 10

O Flamengo vem superando as expectativas nesta Data-Fifa e tem conquistado pontos importantes no Brasileirão. O bom momento do clube se deve muito ao talento e esforço de Gerson. O meio-campista e capitão rubro-negro vem ganhando sequência como titular e tem protagonizado boas atuações em campo.

Momento de Gerson no Flamengo

De La Cruz e Arrascaeta estão convocados para Copa América e estão sendo desfalques nos últimos jogos. No entanto, Gerson vem suprindo as ausências dos uruguaios e tem tomado conta do meio-campo rubro-negro. O camisa 8, justificando seu apelido de “coringa”, tem alternado entre segundo volante e meia direita.

Gerson vem atuando como titular em todas as partidas do Flamengo nesta Data-Fifa. O meio-campista, que realizou uma cirurgia delicada em março, se tornou um símbolo de resiliência e superação. O camisa 8, que antes era abafado pelas lideranças de Diego Ribas, Filipe Luís e Everton Ribeiro, agora é o principal porta-voz do elenco rubro-negro. O jogador tem sido uma referência para os mais jovens e vem protagonizando discursos fortes no vestiário.

“Os caras foram na nossa casa e tiraram nossa chance de título. Além disso, pisaram no nosso escudo e mandaram nossa torcida calar a boca. Nos desrespeitaram. Isso aí eu não aceito. Afinal, ninguém vai na minha casa e me desrespeita. Portanto, agora temos a chance de fazer um grande jogo, respeitando eles, mas dividindo forte. Vamos mostrar para eles o que é educação. Vamos educar eles jogando bola e fazendo um grande jogo”, disse Gerson antes da vitória em cima do Atlético na Arena MRV.

Aliás, Gerson está em sua segunda passagem pelo Flamengo. O meio-campista primeiramente conquistou títulos históricos na Gávea em 2019 e 2020, com Jorge Jesus. Em seguida, se transferiu ao Olympique de Marselha, da França. Após duas temporadas no futebol europeu, retornou ao Rio de Janeiro em janeiro de 2023. O meio-campista, dessa forma, aos poucos está readquirindo seu protagonismo no clube.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários