Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

ESPORTE Segunda-feira, 06 de Junho de 2016, 11:39 - A | A

Segunda-feira, 06 de Junho de 2016, 11h:39 - A | A

VIOLÊNCIA NOS ESTÁDIOS

Prass se revolta com violência, após nova confusão em estádio de futebol

Globo Esporte

Apesar dos 54.665 torcedores presentes no estádio Mané Garrincha para verem a vitória do Palmeiras por 2 a 1 sobre o Flamengo, o futebol ficou em segundo plano na tarde deste domingo em Brasília. Isso porque a confusão gerada pelas torcidas organizadas dos dois clubes no intervalo do jogo afetou crianças, idosos e chegou ao campo, incomodando os jogadores e técnicos. Um dos que mais sofreu com o gás de pimenta lançado pelos policiais militares para dispersar os brigões, o goleiro palmeirense Fernando Prass desabafou sobre mais um episódio de violência no futebol e fez um comparativo com outros episódios que abalaram o país nos últimos dias.

 

Não é o futebol. É o nosso país que está assim. A gente viu o que aconteceu há uma semana, no Rio de Janeiro, com a menina, aconteceu agora em São Paulo, com o garoto de 10 anos. Isso é o fim do país, uma criança de 10 anos ser morta pela polícia, independente da versão. Ela estando armada ou não. Na verdade, não sei qual é a pior - comentou o goleiro, lembrando o caso da garota menor de idade estuprada em uma comunidade da zona oeste do Rio de Janeiro e o menino de 10 anos morto em São Paulo, pela polícia militar.

 

A confusão entre as torcidas organizadas de Flamengo e Palmeiras no anel superior do estádio Mané Garrincha terminou com 30 homens presos e um torcedor em estado grave, com cortes no rosto e lesões na cabeça. O tumulto também deixou três policiais militares feridos.

 

Apesar da violência que manchou o espetáculo, os três pontos conquistados pelo Palmeiras foram suficientes para colocar o Alviverde no G4, na quarta colocação, com 12 pontos. O Flamengo, com a derrota, saiu da zona de classificação para a Libertadores, ficando na quinta posição, com 10 pontos conquistados. 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários