Cuiabá, 12 de Junho de 2024
Notícia Max
12 de Junho de 2024

ESPORTE Terça-feira, 29 de Junho de 2021, 08:40 - A | A

Terça-feira, 29 de Junho de 2021, 08h:40 - A | A

COPA AMÉRICA

Richarlison é cobrado em ação de R$ 19,7 milhões por ex-agentes

Em meio a disputa de empresários, atacante diz ter sido incluído indevidamente no processo

Globo Esporte

Concentrado com a seleção brasileira para a disputa da Copa América, o atacante Richarlison recebeu a intimação de um oficial de justiça na Granja Comary, em Teresópolis, na última sexta-feira.

O jogador está sendo cobrado em ação movida pelos empresários Ricardo Mendes e Luciano Martins, com quem firmou contrato de procuração por cinco anos, em 2015. A dupla quer receber R$ 19,7 milhões de Richarlison e dos atuais agentes dele, Renato Velasco e Lucca Bertolucci (filho de Giuliano Bertolucci). O valor é referente a comissões por transferências e uma fatia dos salários do atleta (veja mais abaixo).

O processo foi aberto no ano passado, mas não teve desdobramentos até agora porque Richarlison, que mora na Inglaterra, ainda não havia sido citado. Os advogados de Ricardo Mendes e Luciano Martins, que chegaram a enviar uma carta rogatória (comunicação jurídica internacional) para o Reino Unido, esperam que o caso avance a partir de agora.

Por meio de assessoria de imprensa, Richarlison confirmou ter sido intimado, mas afirmou ter sido incluído indevidamente nesta disputa entre seus ex e atuais empresários.

– O jogador esclarece que todas as comissões devidas ao longo de sua carreira foram integralmente pagas, quer pelo próprio atleta, quer pelos clubes por onde passou. Desta forma, a demanda em nada se relaciona ao atleta, mas sim a uma discussão travada por terceiros. Os seus advogados estão tratando de excluí-lo da responsabilidade a ele inapropriadamente atribuída – diz a nota oficial do atacante.

Ainda em 2015, antes de Richarlison trocar o América-MG pelo Fluminense, Ricardo Martins e Luciano Mendes firmaram parceria com Lucca Bertolucci. A procuração do atleta já era dividida com Renato Velasco.

Ricardo Mendes e Luciano Martins afirmam que não receberam o que teriam direito nas negociações de Richarlison com Fluminense, Watford e Everton, ambos da Inglaterra. A dupla calcula que deveria ter embolsado R$ 13,4 em comissões nestas operações.

Eles também afirmam ter direito a 5% dos salários de Richarlison nos últimos cinco anos, o que representaria mais R$ 6,3 milhões.

– Infelizmente, tivemos que tomar a decisão de buscar a Justiça para resolver essa situação. Procuramos o Richarlison e o Bertolucci algumas vezes mas não conseguimos conversar e nem receber o que nos é de direito. Temos todos os documentos assinados por eles. Só queremos receber o que é nosso, o que é justo – afirmou o empresário Ricardo Mendes.

Richarlison vem sendo titular da seleção de Tite e marcou um gol nesta Copa América, na vitória por 4 a 0 sobre o Peru.

O Brasil volta a campo na sexta-feira, pelas quartas de final do torneio, contra o Chile, no estádio Nilton Santos, às 21h.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários