Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Notícia Max
21 de Maio de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 14 de Novembro de 2016, 08:53 - A | A

Segunda-feira, 14 de Novembro de 2016, 08h:53 - A | A

TECNOLOGIA PREVENTIVA

Aplicativo de mensagens aproxima cidadãos e Polícia Militar de Vila Rica

ASSESSORIA/PM-MT

FOTO: ILUSTRAÇÃO

 

Na era digital, em que os relacionamentos têm-se desenvolvido de maneira ampla no campo virtual, por meios de aplicativos tecnológicos – Facebook, Instragram, Telegram, Twitter e Whats App –, a Polícia Militar buscou utilizar um desses mecanismos para se aproximar do cidadão.

 

Esta semana, em Vila Rica, os moradores da cidade passaram a utilizar o Whats App como mais um canal de comunicação de ocorrências, denúncias e demais solicitações direcionadas à Polícia Militar. Pelo número (66) 9-9603-6430, qualquer cidadão tem contato direto com um policial plantonista.

 

Conforme o comandante regional da PM na cidade, tenente-coronel Joel Outo Matos, “esse contato direto com o policial responsável pela coordenação do serviço diário, facilita o trabalho, dando mais agilidade ao policiamento”.

 

“Quando o cidadão aciona o telefone de emergência 190, ele passa por uma central, que faz contato com a viatura mais próxima. Entrando em contato direto com o policial de plantão, por meio do Whats App, o retorno a esse cidadão acaba sendo mais rápido”, avalia.

 

Atualmente, o Comando Regional de Vila Rica (CR-10) compreende 11 municípios, são eles: Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara, Alto do Boa Vista, Canabrava do Norte, Porto Alegre do Norte, Confresa, São José do Xingú, Santa Cruz do XIngú, Santa Terezinha e Vila e dois distritos: Espigão do Leste (região de São Félix) e Santo Antônio do Fontoura (região de São José do Xingú).

 

Essas cidades somam um contingente populacional de aproximadamente 105,2 mil pessoas. “A ideia é otimizar nosso efetivo, nossa logística, para atender e servir cada vez mais e melhor a população”, diz Outo.

 

Para o presidente do Conselho de Segurança de Vila Rica, Leonardo Borghesan, a implantação desse canal demonstra a parceria que a PM tem com a população local, ao promover uma maneira de estreitar ainda mais essa relação.

 

“Essa implantação é resultado de diversas reuniões realizadas entre a comunidade e a Polícia Militar. E mostra que a PM ouviu a população, que pedia uma forma de aproximar ainda mais da PM. Vejo que vai ajudar muito o trabalho deles e aumentar a confiança que o cidadão tem na instituição policial”, disse Leonardo.

 

De acordo com o comandante Outo, a proposta é expandir esse canal em todas as cidades que compõem a regional. Nas que já contam com esse canal, como São José do Xingú, o aplicativo já possibilitou a intervenção em ocorrências como a prisão de um lutador de MMA, foragido da Justiça pelo crime de homicídio. A prisão ocorreu no mês passado e foi possível, a partir de uma denúncia feita pelo Whats App.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários