Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 10 de Agosto de 2016, 15:48 - A | A

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2016, 15h:48 - A | A

CASOS DE FAMÍLIA

Homem é preso após agredir e roubar sogra

Redação / Assessoria

 

 

Um homem, identificado como Maurício Conceição de 27 anos,  foi preso na tarde de terça-feira (9) em Cuiabá, após agredir e roubar a sogra.

 

O crime aconteceu no dia 19 de julho, no bairro Alvorada em Cuiabá. De acordo com as investigações da DERRFVA, Maurício espancou violentamente a sogra, de 53 anos, com vários golpes, aplicados com um capacete, os quais chegaram a desfigurar o rosto da vítima.

 

Maurício ainda roubou a motocicleta Honda/CG 150 Titan Mix, de seu sogro e a quantia aproximada de R$ 450 em dinheiro, fugindo em seguida

 

A saída apressada do investigado da casa, foi presenciada por vizinhos, que também viram pouco depois a vítima deixando a casa, com muita dificuldade e clamando por socorro. Os familiares e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram imediatamente informados.

 

Segundo o delegado Marcelo Martins Torhacs, ao ser violentamente agredida na cabeça, a vítima desmaiou, situação que fez com que o investigado cessasse as agressões, possivelmente por acreditar que havia matado a sogra. A Polícia foi comunicada do grave crime, realizou diligências, mas não conseguiu localizar o suspeito na ocasião.

 

O investigado ainda encaminhou mensagens pelo telefone à convivente, filha da vítima, comunicando que “quando ela chegasse em casa, teria uma surpresa”, referindo-se à situação em que deixou a sogra, após o espancamento.

 

Em ação da equipe da DERRFVA, o suspeito foi localizado na casa de sua mãe, escondido sob um colchão, em um dos quartos da casa. Em poder do investigado, os policiais a motocicleta subtraída dos sogros.

 

Para o delegado Marcelo Torhacs, o que chamou atenção no caso foi a crueldade empregado pelo investigado contra a sogra. “Os golpes de capacete desfiguraram o rosto da vítima conforme as fotografias, bem como a subtração do veículo e do dinheiro e ainda o encaminhamento da mensagem em tom irônico à filha da vítima”, destacou o delegado.

 

Diante da gravidade da ocorrência, o delegado representou pela prisão preventiva do investigado, cujo pedido foi rapidamente acolhido pelo Ministério Público e Poder Judiciário.

 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários