Cuiabá, 19 de Maio de 2024
Notícia Max
19 de Maio de 2024

POLÍTICA & PODER Quinta-feira, 14 de Julho de 2016, 13:20 - A | A

Quinta-feira, 14 de Julho de 2016, 13h:20 - A | A

REUNIÃO

Governador Pedro Taques pede fim da greve na Unemat

Redação

O encontro foi realizado nesta quarta-feira (13), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. Foto: Gcom/MT

 

 

 

Uma reunião entre o governador do Estado Pedro Taques e alguns representantes da Associação dos Docentes da Universidade do Estado de Mato Grosso (Adunemat) e do Sindicato dos Técnicos da Educação Superior da Universidade de Mato Grosso (Sintesmat) aconteceu na última quarta-feira (13) no Palácio Alencastro. 

 

O assunto em pauta era mais uma vez o pagamento integral da Revisão Geral Anual (RGA), de 11,28%, e também, a nacessidade de novos concursos públicos na aréa da educação direcionados para a Unemat (Universidade Estadual de Mato Grosso). 

 

O governador voltou a explicar que no atual cenário econômico o pagamento intergal do RGA é algo impossivel. Pedro Taques também ressaltou a importância do fim da greve. 

 

 “Como governador estou tendo de tomar decisões difíceis, amargas. Não parcelei o RGA porque eu quero, parcelei porque eu hoje tenho condições apenas de manter o salário em dia”.

 

Luiz Jorge Brasilino,  presidente da Adunemat, declarou que a postura do Governador foi correta em querer debater pessoalmente e ouvir o outro lado dos grevistas, mas diz que há necessidade de aumentar a receita destinada à Unemat é necessária.

 

“A universidade ampliou em muito os cursos e a vagas, e os investimentos para suportar isso não acompanharam esse mesmo ritmo. Laboratórios, equipamentos e infraestrutura já sentem isso”, afirmou Luiz Brasilino.

 

Hoje, a Unemat conta com 1,2 mil docentes, 800 técnicos, 16 mil alunos, divididos em 13 campi.

 

Um novo encontro para tarde desta quinta-feira (14), foi proposta pelo governador.

 

Com assessoria 

 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários