Cuiabá, 23 de Maio de 2024
Notícia Max
23 de Maio de 2024

POLÍTICA & PODER Segunda-feira, 03 de Outubro de 2016, 10:50 - A | A

Segunda-feira, 03 de Outubro de 2016, 10h:50 - A | A

CRITICA A TAQUES

Janaina diz que derrota nas cidades-polo reflete insatisfação da população com governo

Da Redação

 

"Não precisava ter bola de cristal para prever a derrota dos partidos da base aliada do governo do Estado em todas as cidades-polo de Mato Grosso, conforme ironizou o vice-governador Carlos Fávaro quando comentei sobre a impressão que eu carregava dessas minhas andanças nessas eleições. Nada de futurologia, é só o governador e seu vice saírem um pouco do gabinete e começarem a andar por Mato Grosso. Um governo que não conhece seu povo, não sabe de seus anseios, não pode prever mesmo o quanto e quando está sendo mal quisto pela população", comentou a deputada estadual Janaina Riva (PMDB) depois de receber o resultado das urnas de Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Alta Floresta e Barra do Garças, principais cidades-polo de Mato Grosso.

Segundo Janaina, a resposta nas urnas já um reflexo da péssima gestão Pedro Taques. "Acredito que não será diferente em Cuiabá com o Emanuel Pinheiro no segundo turno com o Wilson Santos. As pessoas estão cansadas dessa estória contada pelo governo pra não pagar servidor, para não fazer os repasses da saúde aos municípios, o duodécimo aos Poderes, nem licitar obras. Ninguém quer mais desculpa, quer ação, obras, educação, segurança", afirma.

De acordo com a parlamentar, é realmente difícil entender a crise que o governo diz supostamente existir no estado uma vez que Mato Grosso ficou em sexto lugar no grau de solidez fiscal, segundo o Centro de Liderança Pública com um dos melhores desempenhos do país e se afirma como potencial de mercado. "Em uma pesquisa que foi publicada no Globo, o estado de Mato Grosso apresenta um crescimento de 3,41% o segundo no ranking no potencial de mercado. Mato Grosso teve o maior índice de aumento no setor de serviço se comparado com outros estados. Em março deste ano, uma Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que Mato Grosso registrou em janeiro crescimento real de 17,5% no setor de serviços. O resultado registrou uma melhora em relação ao ano de 2015", então o reflexo nas urnas já mostra que a população está de olho.

A parlamentar, que durante o período eleitoral prestou apoio a diversos candidatos e esteve presente em mais de 70 municípios comenta que teve a grata surpresa de ver eleitos ao menos 52 dos seus apoiados. "São prefeitos que eu sei que farão a diferença em seus municípios. Ter tido a participação direta na eleição desses 52 gestores foi muito satisfatório pra mim, principalmente nessas cidades polo como já havia dito. Isso pra mim que sou uma deputada de primeiro mandato não deixa de ser uma avaliação do meu trabalho e de como as pessoas estão me acompanhando. Sinto muito não ter conseguido andar mais", finaliza.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários