Cuiabá, 24 de Junho de 2024
Notícia Max
24 de Junho de 2024

POLÍTICA & PODER Sábado, 01 de Maio de 2021, 09:20 - A | A

Sábado, 01 de Maio de 2021, 09h:20 - A | A

GOVERNO FEDERAL

Vereador intermedia implantação de projetos

Em meados de abril, o vereador esteve em Brasília e visitou o Ministério onde conheceu diversos projetos que podem beneficiar os cidadãos da capital

Redação

O vereador por Cuiabá, Eduardo Magalhães (Republicanos), se reuniu na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico com o secretário da pasta, Francisco Vuolo, e, por videoconferência, conversaram com a equipe técnica do Ministério da Cidadania.

Em meados de abril, o vereador esteve em Brasília e visitou o Ministério onde conheceu diversos projetos que podem beneficiar os cidadãos da capital, por isso, a reunião alinhou a melhor forma de realizar a implantação das medidas, são elas:

Banco de Alimentos

O Ministério da Cidadania mapeia os bancos de alimentos públicos, que têm a gestão feita por governos estaduais ou prefeituras, além das CEASAS, e monitora a atuação dos bancos associados à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos, que somam, entre instituições públicas, privadas e da sociedade civil.

Esses alimentos abastecem instituições sem fins lucrativos e garante o recebimento e distribuição eficiente das doações de alimentos ganhou relevância ainda maior.

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

O PAA adquire alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial e também para a rede pública de saúde e educação.

A Prefeitura de Cuiabá disponibiliza uma van, e com uma balança de precisão, pesa o produto, e o Governo Federal realiza o pagamento direto na conta do produtor.

Programa Cisternas

O Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e outras Tecnologias Sociais (Programa Cisternas), financiado pelo Ministério de Desenvolvimento Social desde 2003, tem como objetivo a promoção do acesso à água para o consumo humano e para a produção de alimentos por meio da implementação de tecnologias sociais simples e de baixo custo.

O público do programa são famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou falta regular de água, com prioridade para povos e comunidades tradicionais. Para participarem, as famílias devem necessariamente estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

De acordo com o vereador, “essas medidas já existem no âmbito do Governo Federal, e precisamos trazer elas para a capital”.

Vuolo parabenizou a iniciativa do parlamentar em sair do Estado em busca de melhorias para a população cuiabana.

“São projetos significativos que com certeza vão trazer melhorias para a população cuiabana”, afirma Vuolo.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários