PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 16h:35
Tamanho do texto A - A+
POLÍCIA
PRISÃO Twitter

PM prende 10 suspeitos por crime de violência contra a mulher

Por: REDAÇÃO

A Polícia Militar prendeu dez suspeitos por crimes de violência contra a mulher no último fim de semana (22 e 23.06). As prisões ocorreram nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Porto Alegre do Norte.

 

Somente em Rondonópolis, três homens foram presos por crimes de agressão, lesão corporal e ameaça a mulheres. Policiais Militares foram acionados via 190 para atender uma ocorrência de violência doméstica no bairro Jardim Iguaçu. O suspeito V.P.N., 37 anos, foi preso em visível estado de embriaguês, depois agredir a esposa e manter a companheira trancada dentro da residência do casal.

 

A vítima que foi encontrada pela equipe da PM, estava abalada e chorando e apresentava lesões no braço esquerdo e na região do peitoral. O homem foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia.

 

Ainda no município, no bairro Pedra 90, outro suspeito foi preso pela PM depois de chegar embriagado em casa e agredir a esposa. O homem desferiu um soco no rosto da mulher. O suspeito T.R.S., 34 anos, foi detido e conduzido para a delegacia.

 

Em outro bairro de Rondonópolis, na região de Serra Dourada, o suspeito S.R.S.B., de 38 anos, foi preso depois de agredir a esposa, uma jovem de 17 anos. O casal que mora junto há três anos se desentendeu no último fim de semana. O suspeito estava alcoolizado e agrediu verbalmente a mulher e puxou o cabelo da vítima.  O homem ainda bateu na esposa com um capacete. A PM prendeu o homem em flagrante por agressão. A vítima apresentava diversas lesões no braço direito, no rosto e dores no corpo.  

 

Em Cuiabá, uma jovem de 19 anos acionou a PM após ser surpreendida por um conhecido aliciando suas partes íntimas, enquanto ela dormia na casa do suspeito. O homem que anteriormente estava em um churrasco com a vítima e o namorado, segundo a vítima teria convidado a jovem para tomar banho de piscina na casa dele. A jovem disse que preferiu dormir em um dos quartos da casa, foi quando acordou com o homem tocando sua genitália.

 

Para se defender, a mulher agrediu o suspeito, fugiu do local e chamou a PM. O suspeito D.L.S.R., de 21 anos foi preso por estupro e conduzido à Central de Flagrantes.

 

Ainda na capital, no bairro São Francisco, um homem foi preso depois de agredir a esposa com um soco na boca e murros na cabeça. A PM constatou que o suspeito danificou a porta da casa após sair da residência dizendo que iria buscar uma arma de fogo para matar a companheira. Após diligências, os policiais militares prenderam E.S.L., 26 anos no bairro São João Del Rey por lesão corporal e ameaça. O suspeito  que utilizava tornozeleira eletrônica, já  tem passagem pelos crimes de roubo, receptação e tráfico de drogas.

 

No bairro Parque Atalaia, a Polícia Militar prendeu J.J.L., 29 anos também por lesão corporal. O suspeito foi detido após agredir sua esposa com tapas no rosto e puxões de cabelo. A mulher que apresentava lesões contou ainda aos policiais, que sofreu ameaças de morte do marido. O homem foi preso e conduzido à Central de Flagrantes.  

 

Em Porto Alegre do Norte, a Polícia Militar prendeu A.E.S.(65)  por agressão e lesão corporal depois de bater na esposa com um capacete. O casal teria se desentendido após uma discussão por ciúmes. Devido ao ferimento na testa, a vítima foi internada no hospital da cidade. O suspeito foi preso com um revólver calibre 22 e com mais de 20 munições. O homem foi conduzido à delegacia. 

 

Em Várzea Grande, a Polícia Militar também prendeu N.F.M.(22), no bairro Jequitibá por  lesão corporal e mandado de prisão em aberto.  A vítima chamou a PM porque o ex- companheiro ameaçava levar a filha do casal sem a autorização da mãe. A mãe foi agredida pelo suspeito com socos. A vítima conta que o ex-marido a agarrou pelo o pescoço dizendo que ia matá- la. A cama do quarto da vítima foi quebrada pelo homem durante a briga.

 

Foi constatado um mandado de prisão em aberto contra o suspeito, que já tem passagem pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. A mulher de 21 anos apresentava hematomas nos braços, dorso e na perna direita. O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes.

 

Também preso por agressão à mulher no bairro Jardim Manaíra, em Várzea Grande, F.L.M., 43 anos. O homem foi detido pela PM depois de atear fogo em todos os documentos pessoais e na bolsa na esposa durante uma briga.

 

Segundo a vítima, o marido chegou a casa embriagado tentou agredi-la, mas acabou sendo impedido pelo filho da vítima. Para fugir do marido, a vítima bloqueou a porta da casa com um sofá, foi quando o suspeito ateou fogo em sua bolsa e documentos. A mulher apresentava diversas escoriações pelo corpo. O suspeito foi preso em flagrante.

 

No bairro São Simão, a PM prendeu C.F.D., 31 anos por ameaça e lesão corporal à esposa e à sogra. As vitimas de 60 e 37 anos relataram aos policiais, que o suspeito estava saindo de casa na noite anterior e retornou apenas no dia seguinte embriagado. Ao chegar no local o homem teria ficado enfurecido por saber que a esposa e o filho estavam em casa de familiares. O suspeito foi até a residência dos familiares da esposa e ameaçou atear fogo na casa do sogro, que é deficiente físico. O suspeito foi preso e conduzido à delegacia. 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 205 Novembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados