Cuiabá, 15 de Julho de 2024
Notícia Max
15 de Julho de 2024

CIDADES Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, 09:35 - A | A

Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, 09h:35 - A | A

MEIO AMBIENTE

Comissão é criada e se reúne para analisar situação do Parque Berneck

Da Assessoria

 

Após reunião desta segunda-feira (12), na Câmara Municipal de Vereadores de Várzea Grande, uma comissão foi criada e fará nova reunião nesta quarta-feira, às 14h, na prefeitura do município, para analisar a atual situação Parque Bernardo Berneck e estudar quais encaminhamentos possíveis para a regularização fundiária do local.

Intermediada pelo deputado Eduardo Botelho (PSB), a comissão é formada pela promotora de Justiça, Maria Fernanda Corrêa da Costa, da Promotoria de Defesa do Meio Ambiente e Ordem Urbanística de Várzea Grande; o deputado estadual Dilmar Dal' Bosco (DEM); o vereador por Várzea Grande, Gordo Goiano (PT do B); os secretários municipais de Várzea Grande César Miranda (governo) e Helen Farias Ferreira (meio ambiente), além do representante do projeto “Salve o Parque Berneck”.

“Identificamos vários problemas é um deles é a aquisição do terreno do parque, que ainda é uma área particular. Por isso, criamos essa comissão para tratar da questão. Outro ponto é alocarmos recursos para a recuperação, revitalização e melhorias do local. Essa comissão tem prazo para apresentar os encaminhamentos dados”, declarou Botelho, ao final da reunião dessa segunda-feira.

Botelho adiantou que os deputados estaduais já se prontificaram a destinar emendas para a revitalização do parque, a fim de que  a população várzea-grandense não continue sem um espaço que proporcione mais qualidade de vida.

“Acreditamos que, em breve, isso será uma realidade para Várzea Grande. É um grande espaço público e temos os deputados Guilherme Maluf, Dal Bosco, Jajah Neves e Gilmar Fabris dispostos a ajudar. Já falei com o governador Pedro Taques, que dará todo apoio para o funcionamento do parque, assim como o secretário de Cidades, Wilson Santos, e a prefeita Lucimar Campos”, afirmou Botelho.

Na oportunidade, a promotora Maria Fernanda lembrou que já existe uma lei para a criação e implantação do Parque Bernardo Berneck, mas que não foi feito a escritura de doação da área.

“Em 2007, foi feito o Plano Diretor da cidade, juntamente com o zoneamento do parque, devido a importância ambiental do que existe nele. Por conta disso, se não for possível a doação da área, tem previsão na lei de ser feito a indenização ao proprietário. Ali, existe um rico patrimônio ambiental, centenas de nascentes”, destacou a promotora Maria Fernanda.

O vereador reeleito Valdemir de Souza, conhecido como Nana do DEM, destacou que a Câmara dos Vereadores está à disposição para encontrar uma solução diante do impasse. “É um projeto imenso que Várzea Grande precisa, pois não temos um local adequado para uma caminhada ou prática de exercícios. Temos o apoio dos deputados, que hoje se fazem presentes nas pessoas de Botelho e Dilmar. Estou certo que conseguiremos chegar a uma solução”, pontuou Nana.  

Por fim, o secretário César Miranda já deixou agendada outra reunião para 15 de janeiro, com o propósito de apresentar os encaminhamentos feitos pela comissão até a data.

Também participaram da reunião a professora-pesquisadora no curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Margarida Marchetto; os vereadores Chico Curvo (PSD); Pedro Torales, o Pedrinho (DEM); Claido Celestino Batista, o Ferrinho (PT do B) e Gilson Banegas (PTC). Além dos vereadores eleitos Cleyton Nassarden, o Sardinha (PTB); Ivan dos Santos (PRB); Rogerinho Dakar (PV); Neni Chimarrão (PTC); Fábio Tardin, o Fabinho (DEM); Ícaro Reveles (PSB) e; dr. Miguel Paz (PSDB).

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários