Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Notícia Max
21 de Maio de 2024

CIDADES Terça-feira, 27 de Setembro de 2016, 11:29 - A | A

Terça-feira, 27 de Setembro de 2016, 11h:29 - A | A

EM CUIABÁ

Família pede doação de leite materno para quadrigêmeos

CAROLINA HOLLAND - DO G1

Reprodução/G1

 

Nascidos no dia 21 de setembro em Cuiabá, os quadrigêmeos Nicolly, Davi, Millena e Matheus estão precisando de doação de leite materno. A mãe, a funcionária pública Pâmela Rodrigues, de 28 anos, ainda não conseguiu amamentar os filhos.

Ela e os bebês estão internados no Hospital e Maternidade Femina, na capital. Com o estoque de leite materno em baixa na unidade de saúde, a família está pedindo doação. 

Os quadrigêmeos nasceram por meio de uma cesariana, com 32 semanas e um dia de vida. Todos estão respirando sem a ajuda de aparelhos e já não precisam, desde a manhã desta segunda-feira (26), mas deverão ficar internados até ganharem peso considerado adequado – entre 1,8 kg e 2kg.

 “A Millena teve uma certa dificuldade e foi entubada para ter um pouco mais de qualidade vida. Mas agora está liberada. Estão todos bem de saúde e agora só precisam engordar um pouco para irem para casa”, disse o pai dos bebês, Mariovino Rodrigues, de 38 anos.

Reclamando de dores e por ter sido uma gestação complicada, Pâmela foi internada no dia 30 de julho e só foi ter alta nesse sábado (24), por causa da morte do sogro. Mas como ainda não estava se sentindo bem, voltou a ser hospitalizada no dia seguinte, e assim deve permanecer por mais alguns dias.

 “Ela vai ficar no hospital mais por acompanhamento mesmo. Já fez ultrassom que não apontou nada de errado e ainda vai passar por exames complementares para checar se está tudo bem”, disse Mariovino.

O funcionário público disse que o casal tentou ter um filho durante mais de dois anos. Apesar de exames mostrarem que ambos estavam saudáveis, Pâmela não conseguiu ficar grávida e então, marido e mulher seguiram recomendação de um médico e fizeram inseminação.

O procedimento foi feito uma única vez. Mariovino contou que levou um susto quando, numa ultrassom, descobriu que eram quatro bebês. “Primeiramente apareceram três. Mas depois a médica, ao procurar o ovário direito, acabou achando o quarto. Eu comecei a rir, mas de nervoso”, contou.

Ele relatou que, inicialmente, a mulher ficou um pouco apreensiva por causa dos riscos da gravidez, mas que depois ficou mais tranquila. “Acabou tudo dando certo e meus filhos nasceram saudáveis, graças a Deus”, disse Mariovino.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários