Cuiabá, 15 de Julho de 2024
Notícia Max
15 de Julho de 2024

CIDADES Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2016, 09:31 - A | A

Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2016, 09h:31 - A | A

TEMPO

Menino é atingido por raio em Várzea Grande

Gazeta Digital

FOTO: PM-MT

 

Mais um temporal caiu sobre Cuiabá e Várzea Grande, na noite desta quarta-feira (30), provocando alagamentos e outras ocorrências, entre elas a de um raio, que atingiu um menino de 12 anos.

 

O estudante Douglas Rosendo Nunes Azevedo,12, estava voltando da escola, por volta das 19 horas, quando entrou em uma rua, do bairro Cristo Rei, em VG, onde um cabo de energia havia arrebentado, pelo impacto de um raio.

 

A Polícia Militar foi acionada para fechar a rua, mas o menino passou pela barreira, sem ser visto, de chinelo de dedo, carregando nas costas a mochila, debaixo de chuva.

 

"Surgiu do nada", destalha o aspirante André Cardoso, que participou do resgate.

 

"Ele pisou na ponta do fio ou então foi atingido pela água eletrizada, porque água é condutora", explica o militar.

 

A equipe da PM, ao ouvir os gritos do menino levando choque, correu para o local e de mãos dadas, tentava puxar a criança.

 

"A gente tentava puxá-lo mas soltava devido o choque. Levamos várias descargas e com uma vassoura, fornecida por um funcionário de uma farmácia próxima, tentamos puxá-lo, mas a vassoura acabou quebrando e, na insistência e vontade de tentar salvar o menor que gritava que não queria morrer, aquilo causou um pânico e só com um pedaço de vassoura, conseguimos puxá-lo pela alça da mochila para a calçada", detalha o aspirante.

 

O aspirante Andre calcula que o resgate durou cerca de 5 minutos e o menino saiu de lá desacordado, nos braços de um dos militares.

 

Mesmo debaixo de chuva, juntou gente na calçada e o pedido dos militares era para que não se aproximassem.

 

Um cachorro que não respeitou o isolamento morreu eletrocutado.

 

O menino e os policiais foram para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande.

 

O menino, ainda na viatura, acordou sentindo náuseas e, ao dar entrada na unidade de saúde, foi medicado, ficando em observação internado durante a noite, porque estava com os braços e pernas "formigando". Ele teve alta pela manhã.

 

Quanto aos militares, que encerravam o plantão à meia noite, foram para casa de imediato, após o susto, sem sequelas.

 

O médico plantonista explicou que, em caso de choque elétrico, o problema é quando atinge órgãos internos e as reações adversas não necessariamente são imediatas.

 

O Corpo de Bombeiros informa que um outro raio caiu no bairro Santa Isabel, derrubando um coqueiro em uma residência, na noite desta quarta, mas não pronunciou se a localidade fica em VG ou Cuiabá.

 

Há relatos extra-oficiais de outros raios que caíram em pontos diversos na Grande Cuiabá.

 

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) prevê chuva com temporais para todo o final de semana, até terça-feira (6).

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários