Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

CIDADES Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016, 15:48 - A | A

Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016, 15h:48 - A | A

SUPERLOTAÇÃO

Pronto-Socorro de VG não vai receber novos pacientes

Da Redação

 

A Secretaria de Saúde de Várzea Grande encaminhou ofício a direção do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) comunicando que suspendeu o atendimento a pacientes encaminhados pelas ambulâncias do órgão. 

De acordo com o comunicado, disponível no portal da Prefeitura, nos últimos dias a unidade realizou vários atendimentos médicos de urgência e emergência, principalmente após o Pronto-Socorro de Cuiabá suspender novos atendimentos na unidade, o que causou superlotação na unidade de saúde. 

Segundo nota encaminhada a imprensa, 11 leitos da ala de urgência e emergência estão ocupados, impossibilitando o atendimento a novos pacientes. “A Direção do Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande, alertou a Superintendência do SAMU que neste momento está impossibilitada de receber pacientes que precisem de ventilação mecânica, ante a ausência de leitos e macas, suficientes para atender a demanda”, diz trecho da nota.

Veja abaixo a íntegra da nota:

Diante da crescente demanda por atendimento médico de urgência e emergência e da dificuldade vivida pela quase totalidade de unidades de saúde de vários municípios de Mato Grosso e principalmente de Cuiabá que também suspendeu novos atendimentos, a Secretaria de Comunicação Social de Várzea Grande – SECOM/VG informa que:

A Superintendência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi notificada, da incapacidade do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande em receber novos pacientes;

Após várias reformas de diversas Alas, o Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande ficou no setor de Box de Emergência com 12 leitos de respiração mecânica, sendo que destes, 11 leitos estão ocupados;

A Direção do Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande, alertou a Superintendência do SAMU que neste momento está impossibilitada de receber pacientes que precisem de ventilação mecânica, ante a ausência de leitos e macas, suficientes para atender a demanda;

Por se tratar de uma unidade regida pelas regras do Sistema Único de Saúde – SUS, e ser portas abertas para todo e qualquer atendimento possível de se realizar, a unidade está recebendo pacientes com quadros graves inclusive da Concessionária da BR-163/364, a Rota Oeste, decorrente de acidentes automobilísticos;

A Secretaria de Comunicação Social de Várzea Grande informa ainda que a Secretaria de Saúde está acompanhando a crescente evolução no número de atendimentos realizados pelas unidades de saúde do município e que superam em mais de 50% o volume de pacientes pertencentes a outros municípios de Mato Grosso e em alguns casos de outros Estados. 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários