Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Notícia Max
21 de Maio de 2024

ESPORTE Quarta-feira, 06 de Julho de 2016, 09:08 - A | A

Quarta-feira, 06 de Julho de 2016, 09h:08 - A | A

CUIDADO

Conheça os perigos e reais efeitos colaterais do uso de anabolizantes

EU ATLETA

O uso de anabolizantes, GH e hormônios da terapia de reposição hormonal (proibida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina) é motivo de feroz discussão nas mídias sociais, academias e outros estabelecimentos esportivos. Apenas devem usar hormônios as pessoas com doenças como hipogonadismo, ou seja, a diminuição da função das gônadas (ovários ou testículos), que produzem hormônios sexuais, óvulos (femininos) ou espermatozoides (masculinos). O tratamento deve ser feito sob orientação médica especializada séria.

 

Mas o que vemos na prática é um uso considerado, muitas vezes, danoso e desnecessário de hormônios, mesmo com os exames de laboratório os apontando dentro da faixa normal, mas próximo do mínimo, ou então com testosterona para ter ganhos de força e de hipertrofia muscular com fins estéticos ou atléticos. 

 

Por serem produtos farmacêuticos de uso médico, o GH e o hormônio testosterona estão liberado apenas com receita médica retida, como pomada, via oral e injetável. Mas o mercado que comercializa sem anuência médica é sofisticado e muito disseminado até em doses veterinárias, com falsas informações de que não existe nenhum risco para a saúde. Na verdade as

complicações cardiovasculares e oncológicas são diagnosticadas em consultórios e prontos socorros e, infelizmente, às vezes é tarde demais. 

Reportagens recentes denunciam casos de mortes e de lesões incuráveis de usuários, atletas e de pessoas comuns. Mas os jovens não dão crédito a isso, e desprezam as informações. Sendo assim, vamos citar os possíveis efeitos colaterais patológicos do uso, principalmente para estética e força muscular, dos hormônios esteroides anabolizantes e a testosterona:

 

 Colesterol: LDL, o ruim, supera 160/180mg % (normal até 120mg %) ; o HDL, o bom, baixa para 15mg% (normal acima de 40mg%)

- Hipertensão arterial crônica

- Aumento do risco de câncer de fígado, de testículos e de ovários

- Diminuição severa dos espermatozoides.

- Aumenta o risco de tromboembolismo pulmonar e cerebral

- Aumenta a quantidade das proteínas (citosinas) causadoras de aterosclerose

- Aumenta o risco de vaso espasmos das artérias de todo o organismo

 

Por tudo isso, voltamos a alertar para que nunca utilizem hormônios sem indicação médica clara. Na dúvida, falem com seu médico de confiança ou procurem sites das Sociedades Brasileiras (oficiais) de Endocrinologia, de Medicina do Esporte, de Cardiologia, de Ergometria, Exercício e Esportes e Reabilitação. “A destruição física de usuários de anabolizantes mesmo em ciclos pequenos, pode tardar, mas não falha...”. Basta ler e ver os tristes exemplos.

 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários