Cuiabá, 18 de Junho de 2024
Notícia Max
18 de Junho de 2024

INTERNACIONAL Quinta-feira, 27 de Maio de 2021, 08:32 - A | A

Quinta-feira, 27 de Maio de 2021, 08h:32 - A | A

EUA

Comissária de bordo perde dois dentes após agressão de passageira em voo

Vyvianna Quinonez, de 28 anos, foi acusada de agressão criminosa, após ignorar instruções de segurança e se tornar 'física e verbalmente abusiva' em voo da Southwest Airlines

G1

Uma comissária de bordo perdeu dois dentes e sofreu outros ferimentos no rosto após ser agredida por uma passageira durante um voo da companhia Southwest Airlines entre Sacramento e San Diego, nos Estados Unidos, no domingo (23). Vyvianna Quinonez, de 28 anos, foi acusada de agressão criminosa nesta terça.

A comissária, que não teve seu nome divulgado, foi levada a um hospital e liberada no mesmo dia.

Segundo a agência Associated Press, o porta-voz da companhia disse que Quinonez repetidamente ignorou as instruções de segurança e se tornou “física e verbalmente abusiva” no momento do pouso.

A presidente do sindicato dos comissários de bordo dos EUA, Lyn Montgomery, afirmou à AP que os casos de agressões a funcionários de companhias aéreas durante voos aumentaram significativamente nos últimos meses.

Apenas na Southwest Airlines, onde o caso de domingo aconteceu, foram registrados 477 incidentes de “má conduta” durante voos entre 8 de abril e 15 de maio.

Montgomery pede que seja ampliada a presença de agentes federais dentro dos aviões.

A Administração Federal de Aviação disse na segunda-feira que as companhias aéreas relataram 2.500 incidentes de passageiros indisciplinados este ano, incluindo 1.900 casos em que pessoas se recusaram a usar máscaras, que são exigidas por uma determinação federal.

“Estou no setor desde 1992 e este é o pior ano de todos”, disse Montgomery em uma entrevista. “As pessoas parecem estar mais bravas. Quando solicitam que façam algo, parece ser mais difícil conseguir que elas cumpram”.

Assim como a grande maioria das companhias aéreas, a Southwest informou que também faz um treinamento com seus comissários para a solução de situações tensas com passageiros. Mas, segundo a presidente do sindicato, essas táticas funcionam cada vez menos e alguns passageiros se tem se tornado cada vez mais agressivos.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários