Cuiabá, 23 de Julho de 2024
Notícia Max
23 de Julho de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016, 12:17 - A | A

Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016, 12h:17 - A | A

CRIME ESTAVA SOB INVESTIGAÇÃO

Autores de homicídio e tentativa são presos em Pontes e Lacerda

Redação/PJC-MT

ILUSTRAÇÃO

 

Três adultos foram presos e dois adolescentes apreendidos pela Polícia Judiciária Civil, no município de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), na tarde de segunda-feira (05), durante investigação de um homicídio e uma tentativa de homicídio ocorridos na cidade. Porções, um pé de maconha e a arma de fogo usada no crime foram apreendidas.

 

Os envolvidos, Vagner Freitas de Melo, 28, conhecido como “Cecê”, Valdenir Lopes da Silva, 36, conhecido como “Nenê” e Luana Caroline Vargas Santos, 20, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e munições, e corrupção de menores. O adolescente, R.O.M., 17, e sua namorada L.S.S., 16, responderão ato infracional análogo aos mesmos crimes.

 

Na noite de domingo (04), a Policia Civil foi acionada para atender uma ocorrência envolvendo um homicídio e uma tentativa de homicídio, no bairro Morada da Serra.

 

Durante levantamento de informações os investigadores conseguiram identificar o autor dos crimes. Ao ser localizado na companhia da sua namorada, o menor R.O.M., na entrevista acabou confessando o ato infracional praticado na noite anterior. Ele disse que contou com ajuda do suspeito Valdenir e a adolescente L.S.S. alegou ser a dona do revólver usado no delito.

 

Na sequência o casal apreendido levou a equipe até a residência de seus cunhados, Vagner e Luana, no bairro Jardim Morada da Serra, onde estaria a arma de fogo usada na ação criminosa.

 

Em buscas no local os policiais civis apreenderam cerca de 450 gramas de maconha guardada parte no freezer da geladeira e parte no lixo do banheiro, além do revólver calibre 32 com cinco munições intactas, escondido debaixo do colchão do casal. Também foi encontrado um pé de maconha, cultivada em uma lata.

 

Diante do flagrante, todos os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda, interrogados e autuados pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e munições, corrupção de menores, homicídio e tentativa de homicídio.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários