Cuiabá, 19 de Maio de 2024
Notícia Max
19 de Maio de 2024

POLÍTICA & PODER Terça-feira, 01 de Novembro de 2016, 09:25 - A | A

Terça-feira, 01 de Novembro de 2016, 09h:25 - A | A

ELEIÇÕES 2016

Fábio Garcia reprova ação para anular eleição e ajudará Pinheiro

GD

fabio garcia

Foto: Reprodução

Presidente estadual do PSB em Mato Grosso, sigla que indicou o candidato a vice-prefeito, Leonardo Oliveira, na chapa derrotada de Wilson Santos (PSDB), o deputado federal Fábio Garcia parabenizou o prefeito eleito Emanuel Pinheiro (PMDB), pela vitória com 60,4% dos votos válidos. Afirmou que vai ajudar na gestão do peemedebista auxiliando nos projetos benéficos para a Capital e se posicionou contra um “terceiro turno jurídico” já anunciado pelo advogado José Antônio Rosa, assessor jurídico do grupo de Wilson.

 

Fábio Garcia foi o único representante político da coligação Dante de Oliveira presente no Centro de Eventos do Pantanal durante as apurações do resultado no segundo turno na tarde deste domingo (30). Além dele, somente o assessor jurídico, José Rosa, esteve por lá e anunciou a propositura de uma ação para tentar anular as eleições.

 

Sobre o anúncio de José Rosa antecipando uma ação a fim de anular a eleição, Garcia deixa claro que não concorda com tal medida e ressalta que ganhar ou perder faz parte do jogo eleitoral. “Na minha avaliação deve respeitar a vontade do povo que é soberana, o povo escolheu um novo prefeito e a gente deve respeitar a vontade do povo. Foi uma inconteste vitória das urnas. Então o Emanuel a partir de 1º de janeiro de 2017 é o prefeito de Cuiabá”, enfatizou.

 

“Faz parte do jogo democrático, ganhar ou perder eleição. Isso faz parte da política. Quando você entra numa eleição não tem garantia nenhuma de que você vai ganhar ou perder. Então, a gente precisa respeitar a vontade das urnas. A vontade do povo é soberana e acho que a eleição terminou aqui”.

 

O parlamentar garante que vai ser parceiro de Pinheiro na nova empreitada. “Obviamente, eu como deputado federal com quase 45 mil votos aqui na cidade tenho a responsabilidade de ajudar essa cidade e ajudarei o próximo prefeito em todos os projetos que sejam importantes e bons pra cidade de Cuiabá”, disse.

 

Conforme o socialista, de agora em diante toda a classe política, independente de partido ou grupo, precisa trabalhar para que Cuiabá seja melhor a cada dia dia. “É este o compromisso do PSB”, afirma Garcia ao comentar lamentar ainda sobre o festival de ataques que se viu do começo ao fim da campanha do 2º turno onde Emanuel e Wilson trocaram acusações o tempo todo na tentativa de desqualificar o oponente para o cargo de prefeito da capital

 

“Eu só fiz uma crítica à campanha eleitoral que entendo que não precisava ser uma campanha, principalmente no segundo turno, repleta de acusações. Acho seria muito melhor para o povo cuiabano se fosse pautada nas propostas para melhorar essa cidade. Essa é uma crítica a toda a campanha. E o resultado disso é exatamente uma abstenção talvez histórica de uma eleição em Cuiabá. A gente precisa aprender com os erros, aprender que as pessoas querem muito mais propostas do que uma campanha cheia de acusações”, enfatizou o deputado federal.

 

Sobre o resultado nas urnas, onde o candidato de sua coligação foi derrotado com 39,6% dos votos, Fábio Garcia analisa como positivo. “É um resultado positivo como um todo, o PSB elegeu 3 vereadores em Cuiabá, apresentou o nome do vice, Leonardo Oliveira, na chapa do Wilson, acredito que o Leonardo é uma promissora liderança política de Cuiabá e de nosso estado de Mato Grosso. Política é isso, às vezes a gente ganha, às vezes a gente perde a eleição. Mas a eleição passou, terminou hoje (domingo 30) e a partir deste momento a gente começa um processo de transição do próximo prefeito Emanuel Pinheiro e nós todos com a responsabilidade de ajudar Cuiabá enquanto formos deputado federal”.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários