Cuiabá, 15 de Julho de 2024
Notícia Max
15 de Julho de 2024

POLÍTICA & PODER Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2016, 09:38 - A | A

Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2016, 09h:38 - A | A

NOVA DIRETORIA

Nilson Leitão é eleito presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária

Da Redação

 

O deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), foi eleito por aclamação, nesta terça-feira (13), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária - FPA, da qual é o atual vice-presidente. O comando do grupo, em 2017, será divido com a deputada Tereza Cristina (PSB-MS), eleita vice-presidente.

A escolha da nova diretoria do colegiado seguiu a tradição. O vice é alçado ao posto de presidente e escolhe outro parlamentar para ficar em seu lugar, e assim sucessivamente.

Antes mesmo de assumir, Nilson Leitão propôs uma alteração no estatuto para reduzir o mandato do presidente. Ele mesmo deve ficar na presidência por apenas um ano, ao invés dos dois anos de mandato atualmente.

Nilson Leitão é membro da FPA desde 2011. Em 2013 foi escolhido coordenador institucional da frente, devolvendo a Mato Grosso o protagonismo perdido com a morte do deputado Homero Pereira.

O parlamentar fez questão de destacar o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos anos em favor do setor, seja apresentando relatorias, requerimentos e até mesmo projetos de lei, como o que cria uma legislação trabalhista específica para o setor rural, protocolado recentemente na Câmara.

Questionado sobre os desafios que vai encontrar na presidência da FPA, Nilson Leitão disse que dará sequencia ao trabalho que vem sendo feito. “Muitas das pautas que vem sendo discutidas há muito tempo ainda não foram finalizadas. Será um ano desse desafio. Licenciamento ambiental, legislação trabalhista rural, a finalização da CPI da Funai e do Incra apresentando ao governo federal uma nova roupagem para a Incra e a Funai e também a lei de cultivares, que espero entregar antes mesmo de assumir a presidência da FPA”, disse Leitão.

A desoneração de insumos, a regularização fundiária e a votação da PEC 215, que trata da demarcação de terras indígenas, também estarão na pauta da frente, segundo o presidente eleito.

“Vivemos tempos difíceis em que é preciso união. Agradeço o convite e a confiança e espero ajudar a altura”, disse a deputada Tereza Cristina, eleita vice-presidente.

A posse da nova diretoria deve acontecer em fevereiro, quando os congressistas voltarem do recesso legislativo.

A FPA é a maior frente do Congresso Nacional. Tem cerca de 230 membros entre deputados e senadores que atuam na interlocução entre os diversos setores do agronegócio e o governo.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários