Cuiabá, 22 de Junho de 2024
Notícia Max
22 de Junho de 2024

POLÍTICA & PODER Segunda-feira, 07 de Junho de 2021, 09:26 - A | A

Segunda-feira, 07 de Junho de 2021, 09h:26 - A | A

EM TANGARÁ DA SERRA

Ulysses quer funcionamento de igrejas, templos e congêneres

O pedido foi assinado por toda classe religiosa do município e é para o funcionamento aos domingos, respeitadas as medidas sanitárias de biossegurança e distanciamento social

Redação

O deputado Ulysses Moraes solicitou uma autorização para funcionamento das igrejas, templos e congêneres aos domingos, respeitadas as medidas sanitárias de biossegurança e distanciamento social, em Tangará da Serra. Vale destacar que essa demanda foi requerida pelos principais líderes religiosos da cidade e que já existe um decreto estadual permitindo esse funcionamento.

“Encaminhamos, então, esse pedido a prefeitura da cidade. Temos que lembrar que ao proibir o funcionamento das igrejas, templos e atividades religiosas congêneres, além de ir de encontro ao regramento estadual que já autoriza o seu funcionamento aos domingos, também desconsidera uma tradição das atividades religiosas quanto a sua realização. Por isso, quando vários líderes religiosos nos procuraram com essa demanda, não pensamos duas vezes e fizemos um ofício ao prefeito solicitando a autorização do funcionamento desses locais”, disse Moraes.

A regra atualmente vigente no Estado de Mato Grosso é a de se permitir o funcionamento de igrejas, tempos e atividades religiosas congêneres também aos domingos, respeitadas o limite de 30% da capacidade máxima do local. E, além disso, atendendo-se às regras de biossegurança, a exemplo de distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas e uso de máscara de proteção facial.

“E além desse decreto estadual, aprovamos na Assembleia Legislativa uma a Lei que reconhece a atividade religiosa como essencial para a população do Estado de Mato Grosso em tempos de crises ocasionadas por moléstias contagiosas ou catástrofes naturais. E a própria Câmara do município também aprovou uma lei de mesmo teor especialmente nos períodos de calamidade pública, sendo vedada a determinação de fechamento total de tais locais”, destacou o deputado.

É ainda importante ressaltar que o parlamentar realizou diversas reuniões com os líderes religiosos de Tangará da Serra para tratar sobre essa situação. “Assim, estamos na realidade cobrando que a prefeitura do munícipio cumpra o decreto Estadual nº 874, de 25 de março de 2021. Enviamos essa solicitação de autorização e vamos cobrar por uma solução”, finalizou Ulysses Moraes.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários