Cuiabá, 14 de Julho de 2024
Notícia Max
14 de Julho de 2024

AGRONEGÓCIO Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 08:40 - A | A

Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 08h:40 - A | A

AGROEXPORT

Brasil se encaminha para importar volume recorde de soja em 2024

Nos primeiros cinco meses deste ano, compra do grão pelo país já é 522% maior do que em igual período de 2023

CANAL RURAL

O Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo. No entanto, a demanda interna tem crescido nos últimos anos. E os dados mostram bem isso.

Entre janeiro e maio deste ano, o país comprou 523 mil toneladas da oleaginosa, de acordo com relatório da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). No mesmo período de 2023, foram apenas 84 mil toneladas, ou seja, o atual volume é 522,6% maior.

O atual recorde de compras do grão pelo Brasil se deu em 2021 – em uma série histórica de dez anos – quando foram adquiridas 863 mil toneladas.

“Seguindo essa tendência, com a possibilidade de carregar mais soja no segundo semestre, é seguro afirmar que importaremos mais de um milhão de toneladas de soja neste ano de 2024”, considera o diretor do Canal Rural Sul, Giovani Ferreira.

De acordo com ele, esse fenômeno se explica pelos seguintes fatores:

  • Safra de soja brasileira menor: o país produziu cerca de 155 milhões de toneladas em 22/23 e, agora, deve atingir por volta de 146 milhões de toneladas, conforme projeção mais recente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab);
  • Biodiesel: aumento da adição da mistura de biodiesel ao diesel comum, que, atualmente, já consome mais de 20 milhões de toneladas do grão;
  • Aumento das exportações: o Brasil cresceu em venda de soja em grão e de farelo ao exterior e, ao mesmo tempo, também aumentou a sua demanda interna;
  • A respeito dos embarques do grão, Ferreira lembra que de janeiro a maio deste ano, o país já comercializou 50 milhões de toneladas de soja. “No ano passado, as exportações foram de 102 milhões de toneladas do grão. Neste ano, não atingiremos esse número e ficaremos na casa das 90 milhões de toneladas de grão exportadas”.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários