Cuiabá, 17 de Junho de 2024
Notícia Max
17 de Junho de 2024

AGRONEGÓCIO Quinta-feira, 20 de Maio de 2021, 14:11 - A | A

Quinta-feira, 20 de Maio de 2021, 14h:11 - A | A

RELATÓRIO

Consultoria faz balanço das exportações no mês de abril

Sobre o complexo soja, os volumes exportados do grão no mês de abril/21 foi o maior já registrado em um mês

Agrolink

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgou as exportações do agronegócio do mês de abril/21, que somaram 13,5 bilhões de USD, 39% superior em relação à abr/20. No tocante aos preços obtidos em USD, destaque para o suco de laranja (+143%), açúcar (+110%) e couros (+68%) comparado com abr/20, e para os produtos do complexo soja, que apresentaram variações positivas, sendo o óleo de soja (+58%), farelo de soja (37%) e a soja em grãos (+22%).

Em direção oposta, as maiores variações negativas foram o milho (-49,3%), fumo (-27%) e etanol (-12%). Em relação aos volumes exportados, a grande parte da pauta apresentou variações positivas em relação à abr/20. Os principais destaques com variações acima dos 100% foram: milho (+2067%), lácteos (151%), óleo de soja (+145%), suco de laranja (+109%) e algodão (+100%). Apenas o farelo de soja apresentou variação negativa de 13% no mês de abril comparado com o mesmo período de 2020.

Sobre o complexo soja, os volumes exportados do grão no mês de abril/21 foi o maior já registrado em um mês com 17,3 milhões de toneladas, alta de 17% comparado com abr/20. No acumulado até abril as exportações de soja somam 33 milhões de toneladas, volume 4% maior do que jan-abr/20. As exportações de óleo de soja, por sua vez, acumulam alta de 73% sobre o mesmo período de 2020. Em contrapartida, o farelo de soja, está com variação negativa em 5,3%. Os preços de todos os produtos do complexo estão acima de 2020, tanto no comparativo mensal, quanto no acumulado.

No complexo de proteínas animais, a carne de bovina in natura, a carne de frango in natura e a carne suína in natura no volume acumulado do ano até abril apresentaram variações positivas em 19,2%, 6,4% e 42,2% respectivamente, porém os preços em USD caíram nos três produtos. No complexo sucroenergético, no acumulado do ano os volumes exportados em estão acima de 2020, tanto no açúcar total (+32,5%) quanto no etanol (+69,2%). Sobre os preços, apenas o etanol apresentou queda em dólares, -18,8% no mesmo período de comparação.

No tocante do complexo de fibras e cerais, destaque para o milho que exportou 129 mil toneladas no mês versus apenas 6 mil em abr/20. No acumulado do ano, o volume exportado de milho é 22,5% maior que em 2020 e o algodão 28,9% superior. Assim como o volume, os preços em dólares também estão mais altos esse ano, em 15,5% no milho e 4,9% no algodão

informações são do relatório da Consultoria Agro Itaú.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários