Cuiabá, 19 de Julho de 2024
Notícia Max
19 de Julho de 2024

AGRONEGÓCIO Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016, 15:20 - A | A

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016, 15h:20 - A | A

CICLO PECUÁRIO

Quantidade de bovinos aptos para o abate no Estado deve crescer em 2017, diz Imea

AGRONOTICIAS

 

 

Mato Grosso pode vivenciar uma possível reversão do ciclo pecuário em 2017. Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), há indícios de um aumento na quantidade de bezerros disponíveis já em 2016, e com tal cenário se desenvolvendo para o próximo ano, garante-se, um aumento na quantidade de bovinos aptos para o abate no Estado. “Dito isso, vislumbra-se que, enquanto 2016 foi o ano que ‘faltou gado, mas sobrou carne’, 2017 pode ser ano em que a relação entre a oferta e demanda seja ditada pela intensidade do aumento delas, já que as duas devem convergir para cima”.

Para o instituto, ainda que se projete que o pior já tenha passado, a economia brasileira em 2017 ainda deve sofrer com os resquícios da crise económica que assolou o país em 2015 e 2016, e tais problemas refletirão na bovinocultura de corte, visto que esta depende do comportamento do consumo do brasileiro. O Imea lembra que, no último relatório Focus divulgado pelo Banco Central, as estimativas apontavam para uma recuperação econômica do país em 2017 (alta de 0,70% no PIB), queda na taxa de juros Selic (média do período 0 11,69%) e inflação dentro da meta estabelecida (4,93%).

 

“Ou seja, apesar de tímidos, os indicadores demonstram uma restauração do crescimento na economia brasileira, e isso pode indicar melhorias na demanda interna de carne bovina. No entanto, nem tudo são “rosas”, e já há certa concordância no mercado de que a taxa de desemprego só deve voltar a cair em meados de 2017”. 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários