Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

CIDADES Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016, 08:03 - A | A

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016, 08h:03 - A | A

EM TANGARA DA SERRA

Aluna de 14 anos se fere após cair de ônibus escolar em movimento em MT

Estudante caiu após uma janela do veículo cair em Tangará da Serra. Município diz que vai reforçar necessidade de uso de cinto de segurança.

G1-MT

ONIBUS

anela de ônibus escolar se desprendeu e caiu em Tangará da Serra (Foto: Reprodução/TVCA)

Uma estudante de 14 anos se feriu na terça-feira (27) após cair de um ônibus escolar em movimento na Avenida Ninho Torres, em Tangará da Serra, município a 242 km de Cuiabá. O acidente aconteceu depois que uma das janelas do veículo se desprendeu e caiu. Ela foi encaminhada para o Hospital Municipal de Tangará da Serra com ferimentos leves.

À reportagem, o secretário municipal de educação, Adriano Alves Fernandes, informou que o veículo é equipado com cintos de segurança e que todos os jovens recebem orientação para fazer o uso dos itens.

O motorista do veículo escolar, que não quis se identificar, disse que orientou os estudantes a permanecerem sentados durante o trajeto e que a recomendação teria sido ignorada pelos jovens.

O homem relatou, ainda, que dirigia pela avenida quando ouviu um barulho no fundo do ônibus. Depois disse, segundo o motorista, os alunos começaram a gritar e ele parou o veículo. A suspeita do motorista é de que algum outro estudante tenha retirado a alavanca de segurança da janela e que, por isso, ao encostar, a aluna tenha caído.

O pai da menina, Antônio Isidoro Soares, afirmou que assim que ficou sabendo da situação correu para o local. Ele afirmou que a filha já havia reclamado que o ônibus trafegava superlotado.

“Pode ser isso que aconteceu. Mas, aluno é aquela coisa, jovens brincam se empurrando. Às vezes, a janela não estava adequada também ou estava com alguma irregularidade. Daí tem um empurrãozinho e acontece isso aí. Graças a Deus, não aconteceu o pior”, afirmou o pai da menina, que estuda na Escola Estadual 29 de Novembro.

Após o acidente foi providenciado outro ônibus para levar os demais alunos para as suas residências.

 

Outro lado

O secretário municipal de educação afirmou que o ônibus tem capacidade para 46 estudantes e que ele não estava superlotado no momento do acidente. Fernandes também disse que será emitido um comunicado para que as escolas reforcem, junto aos alunos que utilizam o transporte, a necessidade do uso do cinto de segurança.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários